Menu

Futebol

Atualizado em 1 de dezembro de 2011, às 18:50
Você está em: MundoDasTribos > Esportes > Neymar na briga para fazer parte da seleção de 2011 da Fifa

Craque santista, que já concorre ao prêmio “Bola de Ouro”, é o único jogador indicado que não atua na Europa.
341671 Neymar Neymar na briga para fazer parte da seleção de 2011 da FifaNeymar concorre com os principais craques do planeta bola. (Foto/Divulgação)

Neymar está com a bola toda. Indicado pela Fifa para concorrer ao prêmio “Bola de Ouro” de melhor jogador da temporada e na briga pelo título de gol mais bonito do ano, o craque santista agora disputa também um lugar entre os 11 jogadores que formarão a seleção de 2011 da Fifa. No total, a entidade pré-selecionou 55 craques, de todas as posições. A divulgação dos vencedores acontece no dia 9 de janeiro de 2012, em cerimônia de gala a ser realizada em Zurique, na Suíça.

O curioso é que Neymar é o único atleta da lista que não atua no continente europeu. Além da joia santista, o Brasil está representado por outros sete atletas: Daniel Alves (Barcelona), Kaká e Marcelo (Real Madrid), Lúcio e Maicon (Inter de Milão), David Luiz (Chelsea) e Thiago Silva (Milan).

A Espanha lidera a lista com o maior número de jogadores indicados, com 12.

Conheça os craques que estão na disputa

Goleiros: Buffon (Itália, Juventus), Casillas (Espanha, Real Madrid), Neuer (Alemanha, Bayern de Munique), Víctor Valdes (Espanha, Barcelona), Van der Sar (Holanda, aposentado/ex-Manchester United).

Zagueiros e laterais: Abidal (França, Barcelona), Dani Alves (Brasil, Barcelona), Carvalho (Portugal, Real Madrid), Cole (Inglaterra, Chelsea), Evra (França, Manchester United), Ferdinand (Inglaterra, Manchester United), Kompany (Bélgica, Manchester City), Lahm (Alemanha, Bayern de Munique), Lucio (Brasil, Inter de Milão), David Luiz (Brasil, Chelsea), Maicon (Brasil, Inter de Milão), Marcelo (Brasil, Real Madrid), Nesta (Itália, Milan), Pepe (Portugal, Real Madrid), Piqué (Espanha, Barcelona), Puyol (Espanha, Barcelona), Sergio Ramos (Espanha, Real Madrid), Thiago Silva (Brasil, Milan), Terry (Inglaterra, Chelsea), Vidic (Sérvia, Manchester United).

Meio-campistas: Xabi Alonso (Espanha, Real Madrid), Bale (País de Gales, Tottenham), Busquets (Espanha, Barcelona), Fàbregas (Espanha, Barcelona), Iniesta (Espanha, Barcelona), Kaká (Brasil, Real Madrid), Lampard (Inglaterra, Chelsea), Nani (Portugal, Manchester United), Özil (Alemanha, Real Madrid), Pirlo (Itália, Juventus), Schweinsteiger (Alemanha, Bayern de Munique), David Silva (Espanha, Manchester City), Sneijder (Holanda, Inter de Milão), Yaya Touré (Costa do Marfim, Manchester City), Xavi (Espanha, Barcelona).

Atacantes: Agüero (Argentina, Manchester City), Benzema (França, Real Madrid), Cavani (Uruguai, Napoli), Drogba (Costa do Marfim, Chelsea), Eto’o (Camarões, Anzhi), Falcao García (Colômbia, Atlético de Madri), Gomez (Alemanha, Bayern de Munique), Ibrahimovic (Suécia, Milan), Messi (Argentina, Barcelona), Neymar (Brasil, Santos), Cristiano Ronaldo (Portugal, Real Madrid), Rooney (Inglaterra, Manchester United), Suárez (Uruguai, Liverpool), Van Persie (Holanda, Arsenal), David Villa (Espanha, Barcelona).