Menu

Comportamento

Atualizado em 7 de fevereiro de 2012, às 17:10
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Namoro entre professores e alunos: como agir

O namoro entre professores e alunos é complicado, mas é possível concretizá-lo.
390119 jpg 20120126105534 83 gg Namoro entre professores e alunos: como agirCena da novela Fina Estampa

O professor é aquela figura que demonstra sabedoria, inteligência, altivez e responsabilidade. Por isso, muitas pessoas tendem a se apaixonar por ele, já que nunca encontraram pessoas com características tão fascinantes quanto essas. Além do mais, os mestres também são humanos e, portanto, passíveis de se apaixonarem. No entanto, o namoro entre professores e alunos ainda á um grande tabu na sociedade e se você está em um relacionamento desses, saiba como agir.

Em primeiro lugar, é preciso respeitar o lugar de cada um. Sendo assim, se você é aluna, comporte-se como uma e, por outro lado, ele continuará sendo o seu professor e o de muitas outras pessoas, portanto, o primeiro passo é não misturar as situações. Na faculdade, nada de beijos, abraços e carinhos. Sejam discretos para que a profissão dele não seja prejudicada e para que você não seja tida como interesseira por notas. Não se esqueça também que o professor tem várias alunas além de você, por isso, o ciúme não pode fazer parte dos seus sentimentos.

Nesse namoro, não é apenas o casal que está em jogo. Há a instituição, o corpo docente e os demais alunos da universidade. Portanto, é preciso ponderar com responsabilidade se o relacionamento vale a pena, porque não será fácil levá-lo adiante. Muitos obstáculos terão de ser ultrapassados.

390119 Namoro entre professores e alunos como agir 2 Namoro entre professores e alunos: como agirÉ muito comum que alunos se apaixonem por professores (Foto: Divulgação)

O preconceito é um deles. Em primeiro lugar, o professor geralmente é bem mais velho que as suas alunas. Depois, muitos alunos acreditam que algumas alunas saem com professores apenas para obterem boas notas. Também, algumas instituições veem com maus olhos esse tipo de comportamento, que pode ‘sujar’ a reputação delas. Por isso, ainda que antiquadas, algumas delas não aceitam o relacionamento amoroso entre o corpo docente e o discente.

No entanto, se o amor entre vocês for realmente forte e verdadeiro, vocês conseguirão superar todas as dificuldades que aparecerem. Para tanto, é preciso ter paciência, força e muito amor para ficarem juntos. Se necessário, o seu namorado terá de pedir demissão da universidade em que trabalha ou você precisará se transferir para outra instituição.

O namoro entre professores e alunos é mais comum que se imagina e ele ganha força à medida que os envolvidos mostram que o seu amor é verdadeiro. Então, com coragem e determinação, é possível ultrapassar todas as barreiras para concretizá-lo.