Menu

Serviços

Atualizado em 6 de junho de 2011, às 13:20 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Mochilas Esportivas, Modelos

A década de 1980 e o começo dos anos 1990 foram a época das supermodels, uma era de ouro da indústria da moda. É nesse período que uma onda de modelos com características únicas se sobressaiu, para se tornarem supermodelos, tais como Naomi Campbell, Linda Evangelista, Christy Turlington, Cindy Crawford, Elle Macpherson, Tatjana Patitz, entre outras. Eram tratadas como celebridades, e acabaram se tornando mais reconhecidas que os próprios designers das roupas que usavam. Essas supermodelos eram vistas como deusas do glamour, e também contribuíram para que as maisons de alta costura se tornassem ainda mais famosas.

260121 cosmopolitan naomi 1990 As Modelos que são Supermodelos Naomi Campbell na capa da Cosmopolitan em 1990

O nascimento das modelos (comuns) na moda foi com o estilista Paul Poiret, que teve a idéia de usar cinco modelos em uma turnê de desfiles pela America, em 1913. Antes disso, os estilistas de alta costura do século XIX para o XX, colocavam suas esposas para modelarem, ou então mulheres que trabalhavam em casa, para mostrar suas criações aos clientes.

Quando as coleções de alta costura e prêt-à-porter se apresentavam em larga escala, internacionalmente, a Chambre Syndicale de la Couture de Paris organizava lugares coletivos para essas apresentações e, então, uma grande quantidade de modelos era necessária. Foi a partir daí que as modelos começaram a vestir roupas de vários designers e maisons, e ganharam popularidade como pessoas. Aquelas que possuíam mais demanda pelas marcas, eram as bem pagas e, rapidamente, ganharam status e reputação como superstars na passarela.

Gianni Versace foi um dos estilistas que deu o start na criação desse fenômeno do mundo da moda, lá pelos anos 1990.

Azzedine Alaïa tinha como favorita a modelo Grace Jones; Chanel escolheu Inès de la Fressange para a década de 1980, em 1990 Claudia Schiffer veio em seu lugar; John Galliano

260121 valentino fisele As Modelos que são Supermodelos Gisele Bundchen em campanha de Valentino

adorou as feições de Kate Moss nos anos 1990, assim como Calvin Klein a usou para campanhas de perfume e jeans.

A supermodel Linda Evangelista fez sua primeira aparição na Vogue francesa em 1987, ainda é uma das preferidas pelos designers. Por três anos parada, Linda voltou a modelar e conseguiu 28 páginas na edição de setembro da Vogue americana em 2001.

A média de carreira de uma modelo hoje em dia, é muito diferente do que era nos anos 1950 e 1960, quando elas tinham uma “validade” de até 10 anos. Já nos anos 1970 e 1980, caiu para 5 anos. A partir dos anos 1990, as modelos poderiam durar por alguns anos apenas, dependendo da sua bagagem. Mas os ventos da mudança sopraram a favor das modelos. Atualmente, Gisele Bundchen é a übermodel (sim, ela subiu de posto), traz consigo seus 15 anos de carreira e continua sendo solicitada para desfilar e fazer campanhas. Outras modelos também ainda são atuantes, e vez ou outra fazem um remember.

Mas as modelos estão sendo desbancadas pelas atrizes de Hollywood. Alguns designers conceituados utilizam da imagem das atrizes para divulgarem sua marca e produtos, pois estão mais em evidência nos filmes e em notícias. A Chanel contratou Keira Knightley para a campanha do perfume Coco Mademoiselle. Dior chamou para estrelar a campanha do perfume J’adore, Charlize Theron.

Atrizes e celebridades instantâneas estão tendo seus 15 minutos de fama em campanhas de marcas renomadas, mas ninguém tira o lugar de uma supermodel. Só outra supermodel.

 

 

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL