Tecnologia

Mitos sobre segurança na internet

Por Andre

Você se sente seguro ao navegar na internet? Acredita que o sistema operacional do seu computador é infalível e totalmente à prova de invasões? Acha que o firewall e os antivírus protegem seus dados das ações dos criminosos virtuais?

Acessar a internet pode não ser tão seguro quanto se imagina (Foto: Divulgação)

Para responder a essas e outras questões parecidas, Alan Woodward, professor-visitante do departamento de informática da Universidade de Surrey, na Inglaterra, divulgou uma análise a respeito dos mitos sobre segurança na internet, que mostra alguns dos riscos que corremos ao acessar um simples site.

Proteja-se: Dicas para pagar contas pela internet com segurança

Leia também: Vírus no iPhone – esclareça as principais dúvidas

Mito 1: Você somente infectará seu dispositivo se descarregar ativamente um software

Para a maioria das pessoas, acessar uma página que contenha algum tipo de código malicioso, sem clicar em nada, não traz qualquer risco de contaminação por vírus e outras pragas virtuais.

Porém, segundo o professor, a situação não é bem assim. Caso o seu navegador esteja configurado para baixar automaticamente certos tipos de arquivos, o download do malware pode acontecer sem que você note. Além disso, os códigos maliciosos podem estar escondidos em propagandas falsas e ao tentar fechá-las, dá-se início à transferência do vírus para o seu PC.

Vários perigos podem estar escondidos até mesmo nos sites mais confiáveis (Foto: Divulgação)

Mito 2: Só os sites de má reputação contêm malwares

Ao contrário do que se imagina, até mesmo os sites mais confiáveis estão sujeitos às ações dos piratas virtuais, que podem esconder os códigos maliciosos nas seções destinadas aos comentários dos visitantes.

Mito 3: Sou muito insignificante para ser hackeado

Se você acha que por ser um simples usuário da internet, não tem nenhum valor para os criminosos virtuais, está totalmente enganado. Por mais que a maioria deles prefira atacar alvos de alto valor, voltar as ações para uma grande quantidade de alvos de pequeno valor pode ser bem mais rentável.

Por mais que o fabricante do seu dispositivo afirme que ele é seguro, você deve sempre ter muito cuidado ao navegar pela internet (Foto: Divulgação)

Mito 4: Meu computador não tem nada de valor

Muitos internautas acreditam que o seu PC não possui nada de útil para os cibercriminosos. No entanto, uma simples agenda de contatos já será de grande valor para eles, pois assim eles se passarão por você e enviarão e-mails com malwares para toda a sua lista.

Além disso, quem tem o costume de acessar o internet banking, fazer compras online e usar outros serviços pela web deixa a identidade digital registrada no PC, que pode ser uma mina de ouro para pessoas má intencionadas.

Mito 5: Meu sistema operacional não é vulnerável

Outro mito sobre segurança na internet diz respeito às supostas invulnerabilidades de determinados sistemas operacionais. Conforme o professor Alan Woodward, todos os equipamentos conectados à web estão sujeitos a invasões, por mais que a fabricante diga o contrário.

Recomendado para você

Tecnologia

QR CODE: O que é, como funciona

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *