Menu

Carnaval

Atualizado em 23 de janeiro de 2012, às 20:20 por Sueli Araujo ()
Você está em: MundoDasTribos > Entretenimento > Marchinhas de Carnaval – Onde encontrar

As marchinhas de Carnaval surgiram no final do século 19, e fazem sucesso até hoje. Saiba onde encontrar as origens, letras, cifras e vídeos das marchinhas.

Melhores praias para curtir o Carnaval

[16/01/2012]

Viagens coletivas Carnaval 2012

[24/01/2012]
381923 marchinhas de carnaval onde encontrar Marchinhas de Carnaval   Onde encontrarAs marchinhas ainda fazem muito sucesso, principalmente nos desfiles de blocos

Mesmo os mais novos já devem ter ouvido trechos de músicas como “olha a cabeleira do Zezé, será que ele é, será que ele é”, “ó abre alas, que eu quero passar”, “mamãe eu quero, mamãe eu quero mamar” e “ei, você aí, me dá um dinheiro aí, me dá um dinheiro aí”, não é mesmo?

Estes trechos fazem parte de antigas marchinhas de Carnaval, que fizeram história nos primeiros carnavais brasileiros do século XX, e até hoje, quase 100 anos depois, ainda são bastante cantadas, principalmente nos bailes de Carnaval e nos desfiles dos blocos caricatos, tanto nas grandes cidades quanto no interior.

Origens

As marchinhas de Carnaval tiveram origem no final do século XIX, inspiradas em marchas populares de Portugal. As canções seguiam ritmos mais calmos no início, ganhando, posteriormente, ritmos mais acelerados. Pouco a pouco, as escolas de samba do Rio de Janeiro acabaram substituindo as marchinhas pelos sambas-enredo.

Alguns dos principais compositores das marchinhas de Carnaval são Chiquinha Gonzaga, José Francisco de Freitas (o Freitinhas), João de Barros (o Braguinha), Noel Rosa, Ary Barroso, Alberto Ribeiro, Lamartine Babo e João Roberto Kelly.

Já entre os intérpretes, cujas vozes foram as responsáveis pela popularização das marchinhas, se destacam Carmem Miranda, Dalva de Oliveira, Emilinha Borba, Jorge Veiga, Mário Reis e Sílvio Caldas. Além deles, duas importantes figuras da TV participaram de gravações de marchinhas, que não seriam a mesma coisa sem as suas vozes: Sílvio Santos, com “A pipa do vovô” e Chacrinha, com “Maria Sapatão”.

Marchinhas famosas e suas letras

Algumas das marchinhas mais cantadas nos carnavais brasileiros são:

- Abre Alas (Chiquinha Gonzaga, 1899)

Ó abre alas, que eu quero passar

Ó abre alas, que eu quero passar

Eu sou da lira não posso negar

Eu sou da lira não posso negar

Ó abre alas, que eu quero passar

Ó abre alas, que eu quero passar

Rosa de Ouro é que vai ganhar

Rosa de Ouro é que vai ganhar

- Mamãe eu quero (Jararaca – Vicente Paiva, 1936)

Mamãe eu quero, mamãe eu quero

Mamãe eu quero mamar

Dá a chupeta, dá a chupeta

Dá a chupeta pro bebê não chorar

Dorme filhinho do meu coração

Pega a mamadeira e vem entrar pro meu cordão

Eu tenho uma irmã que se chama Ana

De piscar o olho já ficou sem a pestana

Olho as pequenas mas daquele jeito

Tenho muita pena de não ser criança de peito

Eu tenho uma irmã que é fenomenal

Ela é da bossa e o marido é um boçal

- Cachaça (Mirabeau Pinheiro – Lúcio de Castro – Heber Lobato, 1953)

Você pensa que cachaça é água

Cachaça não é água não

Cachaça vem do alambique

E água vem do ribeirão

Pode me faltar tudo na vida

Arroz, feijão e pão

Pode me faltar manteiga

E tudo mais não faz falta não

Pode me faltar o amor

Há, há, há, há!

Isto até acho graça

Só não quero que me falte

A danada da cachaça

Onde encontrar

Para conhecer várias marchinhas de Carnaval, tanto as mais antigas e tradicionais quanto as mais novas, você pode fazer uma pesquisa utilizando o Google. Em sites como o Vagalume (www.vagalume.com.br) e Letras (www.letras.terra.com.br), é possível encontrar as letras, cifras e vídeos de muitas marchinhas.

Vídeos