Menu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Linguagem do Corpo

Linguagem do Corpo

A linguagem do corpo é um assunto que chama atenção de muitos, simplesmente pelo fato de poder saber o que a pessoa está sentindo ou pensando naquele momento pelo seus gestos “corporais”.

Alguns gestos como: coçar a cabeça, cruzar os braços, balançar a perna, roer unhas, dentre outras são formas de linguagem corporal, ou seja, é uma forma não-verbal das pessoas comunicarem inconscientemente o que estão realmente pensando.

Linguagem Corporal – Significado dos Gestos

Entusiasmo:

– Pequenos sorrisos ou risadas;
– Corpo firme e ereto;
– Mãos abertas, braços estendidos, olhos alertas;
– Voz bem modulada e com energia.

Abertura:

– Mãos abertas;
– Tirar o casaco, paletó;
– Aproximar-se;
– Inclinar-se para a frente;
– Descruzar as pernas;
– Braços cruzados suavemente sobre as pernas.

Raiva:

– Corpo rígido;
– Punhos cerrados;
– Lábios fechados com força;
– Contato visual continuado;
– Pupilas dilatadas;
– Cenho franzido;
– Respiração rápida.

Defesa:

– Corpo rígido;
– Braços/pernas cruzados fortemente;
– Contato visual reduzido;
– Lábios contraídos;
– Cabeça baixa, com queixo sobre o peito;
– Punhos cerrados;
– Dedos entrelaçados sobre braços cruzados;
– Jogar-se para trás na cadeira.

Avaliação:

– Cabeça levemente inclinada para o lado;
– Sentar na ponta da cadeira e inclinar-se para a frente;
– Mão na parte da frente do queixo ou na bochecha;
– Coçar o queixo.

Alerta:

– Inclinar-se para a frente;
– Colocar as mãos sobre as coxas;
– Corpo relaxado mas rosto alerta;
– Ficar em pé com mãos na cintura, pés levemente separados.

Nervosismo:

– Limpar a garganta;
– Morder (lábios, unha, dedo, entre outros);
– Cobrir a boca quando fala;
– Puxar o lóbulo da orelha;
– Abrir os olhos;
– Caretas;
– Contorcer mãos ou lábios;
– Boca entreaberta;
– Brincar com objetos;
– Ficar trocando o peso de uma perna para a outra (quando em pé);
– Tamborilar dedos;
– Ficar mexendo o pé;
– Assobiar.

Suspeita:

– Pouco contato visual;
– Resistência a olhar ‘olho no olho’;
– Ficar olhando para os lados ou por sobre o ombro;
– Coçar o nariz;
– Ficar olhando por sobre os óculos.

Rejeição ou dúvida:

– Coçar o nariz;
– Coçar os olhos;
– Franzir o cenho;
– Pernas e braços cruzados;
– Corpo em posição de ‘fuga’;
– Limpar a garganta;
– Esfregar as mãos;
– Levantar as sobrancelhas.

Confiança, autoridade:

– Jogar-se para trás na cadeira com as mãos atrás da cabeça;
– Postura orgulhosa;
– Cabeça alta, com queixo levantado;
– Contato visual firme, sem piscar.

Precisando ser reconfortado:

– Ficar beliscando a mão;
– Esfregar gentilmente um objeto pessoal (anel, relógio, etc.);
– Roer unhas;
– Examinar as cutículas.

Frustração:

– Mãos apertadas firmemente;
– Balançar punhos fechados;
– Respiração curta porém controlada;
– Olha ‘através’ de você;
– Passar as mãos no cabelo;
– Bater os pés no chão.

Chateado, indiferente:

– Mãos ‘segurando’ a cabeça;
– Olhos sonolentos;
– Postura relaxada demais (largada);
– Ficar mexendo com pés, mãos, dedos;
– Balançar as pernas;
– Olhar vazio;
– Pouco contato visual;
– Boca ‘mole’.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL