Menu

Turismo

Atualizado em 12 de março de 2012, às 15:00 por Élida Santos
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Intercâmbio: dicas, como planejar

Para ter segurança em uma viagem de intercâmbio, pesquise informações sobre o país que deseja conhecer e programe-se financeiramente.
407980 estudante intercambio Intercâmbio: dicas, como planejarTer uma experiência fora do Brasil auxilia no crescimento pessoal (Foto: Divulgação)

O intercâmbio é uma experiência que acontece fora do país. A pessoa vai para outra nação realizar cursos e conhece um idioma diferenciado, além de saber mais sobre uma cultura distinta. A vivencia e o desenvolvimento pessoal é eminente nesse tipo de  viagem. Porém, para que não se decepcionar e passar por situações que poderiam ser evitadas é preciso tomar algumas medidas. Separamos abaixo algumas dicas para quem deseja fazer um intercâmbio.

1 – Viajar por conta própria

A maioria dos interessados em fazer intercâmbio procura uma agência de viagens para garantir que tudo vai dar certo durante a viagem. Porém, algumas pessoas acham mais econômico fazer tudo sozinho. Nesse caso é necessário pesquisar mais a fundo que escolas o país possui, quais aceitam brasileiros e as exigências. Busque informações sobre o clima, a cultura e a culinária. Se tiver amigos e conhecidos que já estiveram no país aproveite para pegar algumas dicas.

2 – Agência de intercâmbio

Se você achou complicado planejar uma viagem sozinho então é melhor pagar um pouco a mais para uma consultoria de uma agência especializada. Antes de contratar a empresa busque informações sobre a sua idoneidade junto ao Procon e ao  Tribunal de Justiça de seu Estado. Se houver um número de ações envolvendo o mesmo estabelecimento desconfie. A internet também é uma ferramenta poderosa. Se houver reclamações de internautas procure mais informações sobre o que aconteceu.

407980 intercambio alunos1 15111101245178 Intercâmbio: dicas, como planejarContrate uma agência para te ajudar com o intercâmbio (Foto: Divulgação)

3 – Trabalhar fora do país
Se além de estudar você quer trabalhar informe isso a agência de intercâmbio para que ela possa adequar o pacote a suas necessidades. Não são todos os países que aceitam que você trabalhe sendo estudante estrangeiro, e os que aceitam, em sua maioria, só permitem a atividade remunerada por meio período.

Além de seguir essas três dicas deve fazer parte do seu planejamento reservar dinheiro. Isso porque os gastos serão inevitáveis mesmo se você quiser trabalhar no país estrangeiro. Em alguns casos você só consegue entrar na nação se tiver uma reserva de dinheiro no banco e provando que possui emprego fixo no Brasil. Fique atento a essas regras para não ser extraditado. Para mais informações contate a embaixada do país onde você pretende estudar.