Serviços

INCRA: Emissão de CCIR

Por Redacao
INCRA Emissão de CCIR

O INCRA terá ao todo 120 dias para conseguir analisar a documentação e 60 para a impressão da mesma, esse prazo foi estabelecido para conseguir agilizar os procedimentos para os Produtores Rurais. Aqui você fica por dentro das novidades e se informa mais sobre a emissão do CCIR.

O CCIR confirma que o imóvel está cadastrado no Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR) e é documento indispensável para transações imobiliárias e crédito bancário.

Antes válido por três anos, em média, o CCIR era enviado para o endereço dos proprietários dos imóveis. Agora o documento será emitido anualmente e apenas pelo site do Incra. Um código de autenticação de fácil consulta pelo Portal do Incra evitará ações fraudulentas.

A emissão será feita com certificado digital. O proprietário que não tiver acesso à Internet deverá procurar a Unidade Municipal de Cadastramento do Incra mais próxima de sua residência para emitir o CCIR. Vinculadas às prefeituras, as UMCs estão presentes em aproximadamente 55% dos municípios brasileiros. O documento também poderá ser emitido em uma das unidades avançadas do Incra no estado ou ainda uma das 30 Superintendências Regionais do Incra, localizadas em todas as capitais do país e nos municípios de Santarém (PA), Marabá (PA) e Petrolina (PE).

Para a emissão do CCIR será cobrada uma taxa de serviços cadastrais, que deve ser paga até o dia 27 de janeiro, nas agências ou terminais de auto-atendimento da Caixa Econômica Federal, Lotéricas, Guichês Pontos de Venda, Internet Banking e Caixa Aqui. O valor leva em conta o tamanho do imóvel em hectares. Como o CCIR atual vai corresponder aos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009, a taxa será cobrada de acordo com o relativo exercício. Para um imóvel com faixa de área de até 20 hectares, o valor de um exercício fica em torno de R$ 1,40.

Lá são oferecidas informações sobre cadastro de imóvel rural INCRA, sendo assim quando surgir alguma novidade você certamente vai ficar atualizado sobre a mesma e conseguir informações em que precisa para realizar o seu.

Os dados de Certificação de Imóvel Rural são exclusivamente cadastrais, não legitimando direito ou posse. O  CCIR é essencial para que você consiga, desmembrar, arrendar, hipotecar, vender ou prometer em venda o imóvel rural.

Não perca a oportunidade de expedir CCIR pela internet, agora tudo ficou mais fácil, sendo que o documento poderá estar disponível através desse meio de comunicação. Bem aqui você encontrou tudo o que precisa saber sobre o CCIR e também sobre como expedi-lo.

Agora é com você, não deixe de acessar o site oficial do INCRA e conferir mais informações, tirar as suas dúvidas, e também aproveitar os recursos em que ele tem a oferecer a todos produtores rurais.

Para conseguir dirigir-se a sede, ou então contatá-la, segue o endereço inclusive com o telefone:

Rua Doutor Brasílio Machado, 203 – Santa Cecília
São Paulo – SP, 01230-010
(0xx)11 3825-3429

Bem é isso, esperamos ter ajudado, não deixe de colocar os seus comentários dizendo se conseguiu tirar um bom proveito das nossas informações e também se elas foram úteis! Participem!

Recomendado para você

Serviços

Portal do Servidor PA

Serviços

Como Cancelar Netflix

Serviços

Clínica gratuita dependentes químicos Minas Gerais

Serviços

Como ser Voluntário da ONU

Comentários

6 respostas para “INCRA: Emissão de CCIR”

  1. antonio disse:

    como faço para tirar a certidão negativa
    do ccir pela internet

  2. diniz disse:

    qual as condições necessarias da propriedade para obter o ccir

  3. luiz jose lemos disse:

    Boa tarde,

    Gostaria de saber se minhas certidões de 4 areas no municipio de delfinopolis já podem ser vendidas.

  4. luzia dos santos disse:

    COMO TIRAR A CERTIDÃO NEGATIVA DO CCIR

  5. MARCIO RICARDO MACHADO disse:

    Bom dia!

    Sim achei bem aproveitável as informações, mas gostaria de saber se a curso disponível para leigo fazerem, sendo que a pessoa não traabalha em repartições públicas, assim fico no aguardo.

  6. ERIVALDO ALVES DOS SANTOS-Tabelião de Notas disse:

    sou tabelião de notas há mais de 14 anos, encontro muitas dificuldades para conduzir as escrituras públicas diversas, inclusive as da lei 11.441/2007, pois, o tabelionato depois daquela lei, realizar inventários, partilhas, adjudicação, o serviço não anda porque na cidade em que trabalho em Riacho de Santana-Ba, a UNIDADE DE CADASTRO NÃO FUNCIONA, pois, os funcionarios combram um valor absurdo de: 80,00, 150,00, 500, 1.000,00, outro cobram R$ 1,00 por ha, não tem a quem denunciar, acredito que o Incra, além de permitir a unidar cadastrar, também passasse certa autonomia para os tabelionatos de todos o Brasil, inclusive, os cartórios dos feitos cíveis onde realizam tambám inventário. As unidades não funcionam, pois, nela vivem uma quadrilha organizada, onde Salvador e Brasilia controlam a emissão de cadastro, segundo informação em todas as cudades da bahia tem um representante na região, portanto continuo rendidos por esses malfeitores. O incra tem que pensar que a importância do CCIR é muito grande, cobram um imposto irrisório que não dar para pagar as taxas de uma carta no correio, vê isso aí, pronunciam enviando formulários para os cartórios e determinar ao setro regional um atendiemento especial aos cartório, nós termos condição de ajudar a moralizar o setor, é vergonhoso o bandalismo que praticam em determinadas unidades, me sinto envergonhado, onde reclamar???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *