Menu
Você está em: MundoDasTribos > Entretenimento > Histórias de Natal para crianças

As crianças podem saber mais detalhes do Natal com pequenas historinhas, que podem ser contadas por pais e tios.

10 sugestões de sobremesas que combinam com o Natal

[20/11/2015]

Receitas Light de Natal

[20/11/2015]
 

Você conta histórias de natal para crianças nesta data tão especial? O Natal não é apenas uma data voltada ao consumo desregrado, ao contrário, é uma dos dias mais importantes para todos os cristãos. Infelizmente, o que se vê é o valor enorme dado às compras e as crianças acabam ficando perdidas em meio a isso tudo. É preciso explicar a elas algumas histórias para esclarecer os fatos e também fazer a magia da época ficar mais aflorada.

Histórias de Natal para crianças (Foto: Divulgação)

Histórias de Natal para crianças

Contar histórias de natal para crianças é importante, é uma forma de instigar a imaginação da criança e ainda levar informação, conhecimento para o seu consciente. Várias pesquisas já comprovaram o desenvolvimento dessas crianças perante a leitura e a presenças do pais. Por que não aproveitar o natal para curtir esse momento com os filhos?

 

Leia mais informações sobre: A história dos pratos da ceia de Natal

São Nicolau – para os que não acreditam no Papai Noel 

A velha história de Papai Noel ou São Nicolau é uma que pode ser contada para aquelas que não acreditam mais na existência do bom velhinho. Por esse motivo mesmo é que elas precisam saber os porquês de tanta gente falar por aí que ele vem na noite de Natal com seu trenó e os presentes. O conto diz que um homem chamado Nicolau era muito rico e demasiadamente caridoso. Sendo assim, dava dinheiro aos que não tinham posses e também presentes às criancinhas que não tinham condições.

Ele morreu no dia 6 de dezembro e essa data é conhecida como o Dia de São Nicolau, sendo bem lembrada no oriente. Devido ao seu falecimento ter acontecido tão pertinho do Natal, a lenda acabou sendo incorporada ao 25 de dezembro e sua imagem, de um velhinho rechonchudo com barbas brancas enormes impregnou-se pelo mundo inteiro. Se ele realmente existiu, não se sabe. O que todos entendem é que é uma história linda que traz todo o encanto aos pequenos que vivem isso de verdade, já que até os sete anos de idade, eles não sabem muito bem o que é fantasia e o que é realidade, isso faz parte da psique deles.

Símbolos de Natal rendem boas histórias 

Agora quem tem filhos que ainda acreditam na existência do Papai Noel, realmente não tem nada a ver sair contando a história de São Nicolau. Ela é indicada àqueles que já sabem que ele é um mito. Por isso, uma ideia bastante usada pelas famílias é explicar à meninada o significado dos símbolos do Natal, como os sinos, a guirlanda e a árvore.

Existem histórias envolvendo até os sinos (Foto: Divulgação)

Existem histórias envolvendo até os sinos (Foto: Divulgação)

Dizem que os sinos, por exemplo, são excelentes para espantar as energias ruins. Aquele ditado “quem canta seus males espanta” se enquadra um pouco nessa história. O som provocado por eles também atraem muita alegria, paz, amor e sorte.

Leia mais informações sobre: Montando árvore de Natal com as crianças

As guirlandas

A guirlanda, tão usada para enfeitar as árvores de Natal e também as janelas e portas de casas, diz respeito à visita do menino Jesus ao lar. Por isso que muita gente coloca logo na entrada, para afirmar aos outros que aquela casa está sob proteção divina.

E o símbolo clássico do Natal, aquele que vem à mente assim que o nome da data 25 de dezembro é pronunciado? O que ele realmente quer dizer? Pensou na árvore? A árvore de Natal possui muitas histórias, contudo, a mais corriqueira é de que ela representa Jesus. Mas como assim? Simples: Cristo seria o tronco e nós, os ramos. As bolinhas e o pisca-pisca são os frutos dados por ela e eles são aquilo que o filho de Deus ensinou quando esteve aqui há cerca de dois mil anos: a caridade e o amor.

 

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL