Menu
Você está em: MundoDasTribos > Hábitos que enfraquecem as unhas

Quem deseja ter unhas bonitas e fortes deve ter atenção com alguns detalhes. Conheça alguns hábitos que enfraquecem as unhas.
Por Editorial MDT -

Ter unhas bonitas, fortes e saudáveis é o que toda mulher deseja. Mas isso não é resultado apenas da genética de cada um. Hábitos, que podem ser bons ou ruins, são determinantes. Conheça alguns hábitos que enfraquecem as unhas.

É indicado remover o esmalte com produtos adequados (Foto: Divulgação)

Hábitos que prejudicam as unhas

Se você sofre com o impulso de roer as unhas, já deve saber que as consequências deste hábito não são nada boas. Além do fator estético, que é bastante prejudicado, a saúde das unhas também é comprometida, pelo ato de roê-las. Aos poucos, o formato delas vai se modificando, resultando em unhas disformes, tanto no comprimento, quanto em sua superfície.

O atrito dos dentes nas unhas faz com que elas fiquem esbranquiçadas, comprometendo muito a sua beleza. Em alguns casos, a pessoa rói tanto, que acaba comprometendo até mesmo a matriz das unhas.

De forma semelhante, remover esmaltes com os dentes ou com objetos poderá enfraquecê-las, como atrito. Além disso, é claro, elas ficam com uma aparência bem desagradável. O ideal é usar um removedor.

Roer as unhas é um hábito muito ruim (Foto: Divulgação)

Ao remover esmaltes, não é indicado forçar demais as unhas, esfregando-as demasiadamente. É melhor começar pela parte superior, deslizando o algodão ou o lencinho, delicadamente, até a ponta. Repita quantas vezes foram necessárias, porém sem pressionar demais.

Usar muita acetona também é um hábito ruim para as unhas. Devido às suas substâncias, as unhas podem ficar ressecadas, esbranquiçadas e, com o passar do tempo, enfraquecidas. É indicado substituir a acetona pelo removedor de esmaltes e, mesmo assim, nunca deixar vestígios do produto, após o uso.

Outros hábitos que enfraquecem as unhas

O hábito de tirar as cutículas, embora muito se divulgue sobre isso, continua sendo adotado por muitas mulheres e é péssimo para as unhas. Ao fazê-lo, a pessoa estará colocando em risco a chamada matriz ungueal, que é onde a unha nasce. As cutículas são suas protetoras, contra a invasão de fungos e bactérias. Portanto, é indicado hidratar bastante a pele, até que ela fique pequena e não seja mais necessário removê-la.

Remover as cutículas pode trazer muitos prejuízos às unhas (Foto: Divulgação)

É preciso deixar que as unhas respirem, um pouco. O hábito de pintá-las, constantemente, removendo um esmalte e já aplicando outro, em seguida, é péssimo para as unhas. O indicado é fazer uma pausa de, ao menos, um dia, entre uma aplicação e outra.

Finalmente, o descuido com a alimentação pode ser uma das principais causas do enfraquecimento das unhas. A carência de substâncias essenciais ao organismo resulta em doenças que se manifestam nas unhas, de diferentes formas. O enfraquecimento é uma delas.


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL