Menu

Saúde

Atualizado em 22 de janeiro de 2013, às 7:51 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Garganta inflamada: como tratar

A dor de garganta é um problema bastante comum e a diferenciação de sua causa é muito importante para determinar o tratamento adequado. Saiba mais.

A dor de garganta é uma das queixas mais comuns nos consultórios médicos de crianças e adultos. A dor à deglutição, que recebe o nome técnico de odinofagia, é o resultado de infecções da faringe ou das amígdalas, chamadas respectivamente de faringite e amigdalite. Entenda mais sobre o assunto e saiba como tratar a garganta inflamada.

Conheça alguns chás que ajudam a desinflamar a garganta.

570166 A dor de garganta é uma das queixas mais comuns nos ambulatórios médicos. Garganta inflamada: como tratarA dor de garganta é uma das queixas mais comuns nos ambulatórios médicos. (Foto: divulgação)

Causas de dor de garganta

Normalmente a faringite e a amigdalite costumam estar associadas, recebendo o nome de faringoamigdalite. Esse problema pode ter origem viral, como é na maioria dos casos, ou bacteriana, como ocorre nas situações mais graves.

A gripe é um exemplo de doença viral que cursa com faringoamigdalite. Geralmente os processos dessa natureza são benignos e possuem resolução espontânea. A dor de garganta causada por infecção bacteriana pode apresentar complicações importantes, como abscessos e febre reumática, apresentando evolução arrastada e necessitando de tratamento com antibioticoterapia.

570166 O exame físico é importante para definir a etiologia da odinofagia. Garganta inflamada: como tratarO exame físico é importante para definir a etiologia da odinofagia. (Foto: divulgação)

Como diferenciar o problema viral de bacteriano

A diferenciação entre a etiologia da doença é fundamental para determinar o tratamento adequado. Entretanto, a faringoamigdalite apresenta alguns sintomas que são comuns tanto ao quadro de infecção viral como no de infecção bacteriana, como:

  • Odinofagia;
  • Febre;
  • Dores pelo corpo;
  • Cefaleia;
  • Prostração.

Esses sintomas inespecíficos podem variar muito de uma pessoa para outra, sendo necessários outros parâmetros para distinguir a causa do problema. Normalmente as doenças de origem viral são acompanhadas de outros sinais de acometimento das vias aéreas, como tosse, espirros, obstrução nasal e rinorréia. Independente da intensidade do problema, na doença viral não é comum a ocorrência de pus.

Na faringoamigdalite bacteriana, além de não haver outras queixas respiratórias, é muito comum encontrar focos de pus nas amigdalas, petéqueias no palato, febre mais alta e acometimento sistêmico bem perceptível, com mal estar generalizado mais intenso.

570166 A infecção de etiologia bacteriana apresenta focos de pus. Garganta inflamada: como tratarA infecção de etiologia bacteriana apresenta focos de pus. (Foto: divulgação)

Tratamento

Independente da causa do problema é necessário o uso de medicamentos que ajudam a promover o bem-estar do paciente, como os analgésicos, antitérmicos e anti-inflamatórios. Se constatada a etiologia bacteriana, é necessário iniciar antibioticoterapia, que só pode ser prescrita por médico.

Entenda os riscos do uso inadequado de antibióticos.

Também é possível utilizar tratamentos alternativos para a dor de garganta, como os gargarejos diários com água morna com uma pitada de sal, que ajuda a diminuir a dor sem a necessidade de utilização de muito remédio. A ingestão de mel também está associada à melhora do quadro clínico, apesar de não haver nenhum trabalho científico que comprove o benefício do produto na dor de garganta. A própolis apresenta um discreto efeito anti-inflamatório, que pode ajudar em alguns casos.

570166 Gargarejo com água morna e sal pode ajudar no controle da dor. Garganta inflamada: como tratarGargarejo com água morna e sal pode ajudar no controle da dor. (Foto: divulgação)

A dor de garganta é um problema bastante comum que pode ter etiologia viral ou bacteriana. A diferenciação de sua causa é muito importante para determinar o tratamento adequado, que pode envolver antibioticoterapia. Também é possível utilizar tratamentos alternativos como adjuvantes no controle da dor.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.