Menu

Criança

Atualizado em 25 de fevereiro de 2013, às 13:35 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Filho adotivo: quando contar a verdade

A criança deve saber a verdade sobre a adoção. Veja quando contar a verdade para o filho adotivo.

Adotar uma criança é sempre uma decisão muito importante, que quando realizada corretamente pode trazer alegria para os pais e também para os próprios filhos biológicos. Porém, depois da fase de adoção sempre surgem dúvidas e incertezas relacionadas ao momento certo de contar para a criança que ela é adotada. Saiba mais sobre o assunto e veja quando contar a verdade para o filho adotivo.

 Filho adotivo: quando contar a verdade A criança deve possuir capacidade de entender o que será dito a ela. (Foto: divulgação)

Filhos adotivos

A verdade sobre a adoção deve ser dita para criança o quanto antes, mesmo que ela não compreenda o significado das palavras. É importante esclarecer as palavras como adoção, adotado e adotivo para que ela entenda o que significa. Com o tempo a criança começará a perguntar de onde ela veio. Os pais devem explicar que ela nasceu de um pai e uma mãe que não tiveram como cuidar dela e que esses são seus pais de sangue.

Os pais devem contar que são seus “pais adotivos” ou de “coração”. Eles precisam ser as primeiras pessoas a falar com seus filhos sobre a adoção e isso deve ocorrer da melhor forma possível. Passar tranquilidade, segurança e confiança para a criança é indispensável. De certa forma, a criança já sabe a verdade e pede que ela seja confirmada através de atitudes e comportamentos.

585028 Não existem momento certo para contar ao filho que é adotivo. Foto divulgação Filho adotivo: quando contar a verdade Não existem momento certo para contar ao filho que é adotivo. (Foto: divulgação)

Veja também licença maternidade para mães adotivas

Quando contar a verdade para o filho adotivo

Não há uma idade certa para contar para a criança. O mito de que os pais precisam explicar com a criança ainda muito pequena pode gerar algumas dúvidas para os pequenos. Os pais devem falar sobre o assunto quando a criança começar a questionar de onde veio. Todas as crianças passam por esse momento e isso mostra que a criança está pronta para receber essa informação.

É importante ter informações sobre o histórico do filho, para quando ele perguntar, os pais tenham informações verdadeiras que preservem a identidade da criança. Por pior que seja a verdade, ela é melhor do que as mentiras sobre a sua identidade.

O apego entre os pais e filhos faz com que as crianças percebam se eles estão dizendo a verdade e o que pensam. Algumas crianças sofrem porque acham que estão somente ocupando o lugar de um filho perdido ou de uma frustração. A adoção deve ser planejada para evitar esse problema.

585028 Os pais devem contar para os filhos que eles são adotivos. Foto divulgação Filho adotivo: quando contar a verdade Os pais devem contar para os filhos que eles são adotivos. (Foto: divulgação)

Veja também como explicar a adoção ao filho adotado 

O filho adotivo deve ser tratado com muito carinho e atenção pelos pais. O momento certo de contar para a criança que ela é adotada vai depender dos pais e também do entendimento do pequeno.  É preciso que os pais tenham muita paciência e contem a verdade para o filho e passando assim segurança para a criança.