Menu

Saúde

Atualizado em 9 de janeiro de 2013, às 16:41 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Falta de nutrientes no organismo: quais são os sinais

A falta de nutrientes no organismo pode ser descoberta através de alguns sinais. Saiba mais sobre o assunto.

Quando se fala de carência de nutrientes logo pensamos em crianças com baixo peso e pessoas muito magras. Porém as pessoas saudáveis ou até mesmo obesas podem sofrer com a falta de nutrientes no organismo e os sinais muitas vezes não são percebidos. Pensando nisso, selecionamos os sinais que indicam falta de nutrientes no organismo.

564312 A vontade excessiva de comer doces pode indicar falta de nutrientes no organismo. Foto divulgação Falta de nutrientes no organismo: quais são os sinais A vontade excessiva de comer doces pode indicar falta de nutrientes no organismo. (Foto: divulgação)

Falta de nutrientes no organismo

A alimentação saudável é essencial para o bom funcionamento do nosso organismo. O mundo moderno tem se tornado um grande inimigo da boa alimentação. A correria do dia a dia faz com que as pessoas optem cada vez mais pelos alimentos rápidos e práticos, que na maioria das vezes não são nutritivos.

Essa alimentação inadequada constante leva a deficiência de nutrientes no organismo, podendo causar várias doenças. O que muitas pessoas não sabem é que a falta de nutrição do nosso corpo pode gerar alguns sinais indicativos desse problema.

Veja também os alimentos que ajudam a evitar o cansaço 

Vontade de comer alguns alimentos pode ser falta de nutrientes

A vontade excessiva de comer alguns alimentos pode ser um sinal de que algum nutriente importante para o organismo está em falta. Algumas pessoas que já experimentaram desse vício alimentar dizem que os principais estimulantes são o açúcar, a farinha branca, chocolate, café e álcool.

A abstinência costuma vir associada a sintomas muito desagradáveis como dores de cabeça, depressão, ansiedade e somente uma mordida pode aliviar o problema. Sempre que fazemos alguma dieta restritiva, ou ficamos muito tempo sem comer, o resultado é o exagero no consumo quando nos deparamos com vários alimentos.

564312 A queda de cabelo pode indicar a falta de nutrientes no organismo. Foto divulgação Falta de nutrientes no organismo: quais são os sinais A queda de cabelo pode indicar a falta de nutrientes no organismo. (Foto: divulgação)

Sinais que indicam falta de nutrientes no organismo

1.  Sintomas como dores de cabeça, cansaço excessivo, fraqueza pode ocorrer devido a falta de ferro, vitamina A, vitamina B12, C e E;

2. Cabelos quebradiços e unhas fracas podem ser por falta de colágeno, que pode ser obtido por carnes, peixes e gelatina;

3. A memória fraca pode ser causada pela falta de nutrientes que são encontrados em gema de ovo e lecitina de soja;

4. As câimbras e dores de cabeça podem ser ocasionadas pela falta de potássio e magnésio, nutrientes encontrados na banana, milho, pêssego, manga, laranja e acerola;

5. O enfraquecimento dos ossos é um sinal indicativo da falta de cálcio que pode ser obtido através do consumo de leite e derivados e alguns vegetais folhosos;

6. Intestino preso pode ser um sinal de que o organismo necessita de fibras, que podem ser consumidas através de verduras, frutas e cereais.

564312 A alimentação saudável é essencial para manter os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. Foto divulgação Falta de nutrientes no organismo: quais são os sinais A alimentação saudável é essencial para manter os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo. (Foto: divulgação)

Veja também aumentar a imunidade ajuda a emagrecer 

A falta de nutrientes no organismo pode causar comprometimento do bom funcionamento do nosso corpo e manutenção da nossa saúde. Ter uma alimentação balanceada é essencial para obter nutrientes indispensáveis para o corpo. Aposte no consumo de frutas, verduras, legumes, cereais integrais, pois são grandes aliados da nutrição.

 

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.