Menu

Saúde

Atualizado em 9 de outubro de 2013, às 15:00 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Exame de prolactina: o que é, para que serve

O exame de prolactina pode identificar a presença de tumores. Saiba mais sobre esse exame e como é feito.

A prolactina é um hormônio que atua na produção do leite humano e quando está presente no sangue em alta quantidade, pode trazer muitas consequências para a saúde da mulher, como a ausência da menstruação gerando infertilidade.  Esse problema é denominado hiperprolactinemia, que está por trás de aproximadamente 20% dos casos de ausência menstrual. Saiba mais sobre a prolactina e para que ela serve.

659356 A prolactina pode indicar presença de tumores. Foto divulgação Exame de prolactina: o que é, para que serve A prolactina pode indicar presença de tumores. (Foto: divulgação)

Prolactina

A prolactina é um hormônio produzido pela glândula hipófise, que se localiza no interior da caixa craniana, sob uma depressão óssea chama sela túrcica. Ela também é chamada de hormônio do leite, sendo muito importante para o desenvolvimento das mamas e para o aleitamento. Fora do período gestacional, a prolactina está relacionada ao controle dos hormônios femininos. Por isso, o mesmo está relacionado com a regulação da menstruação e da ovulação.

O sintoma mais aparente desse problema é a saída involuntária de leite das mamas. É muito comum especialista pedirem exame de prolactina no sangue quando há alteração na menstruação. Porém, o excesso de prolactina pode acontecer mesmo que não haja alteração do ciclo menstrual.

659356 O exame é feito a partir de uma amostra simples de sangue. Foto divulgação Exame de prolactina: o que é, para que serve O exame é feito a partir de uma amostra simples de sangue. (Foto: divulgação)

O que é exame de prolactina

O exame de prolactina é feito através de um exame de sangue comum. Podendo necessitar de um exame de ressonância ou tomografia da hipófise, caso exista a suspeita de tumores. O tratamento é feito de acordo com a causa da elevação da prolactina e mesmo em casos de tumores, o tratamento de primeira escolha é medicamentoso.

O valor normal da prolactina é de até 20 ng/mL no sangue. Quando esse valor está aumentado, é considerado um quadro de hiperprolactinemia. Já quando os valores são superiores a 100 ng/mL sugerem a presença de tumor benigno secretor de prolactina, chamado de adenoma.

A prolactina é um hormônio polipeptídico produzido pelas células da hipofise. A dosagem desse hormônio tem interesse diagnostico de tumores hipofisários na avaliação da amenorreia secundária, em distúrbios menstruais associados ou não a galactorréia, nos casos de impotência sexual masculino e hipogonadismo.

659356 A prolactina atua na produção do leite materno. Foto divulgação Exame de prolactina: o que é, para que serve A prolactina atua na produção do leite materno. (Foto: divulgação)

A prolactina é um hormônio que atua na produção do leite materno.  O estresse prejudica a produção do leite materno por interferir na produção desse hormônio. O exame de prolactina é usado para dosar a quantidade de hormônio que está sendo produzido e mediante aos resultados avaliar a presença de patologias associadas.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.