Menu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Exame de hálito pode ajudar no diagnóstico de câncer pulmonar

Através de um exame que avalia o ar expelido pelo paciente é possível descobrir se o tumor pulmonar é benigno ou maligno.

Um estudo realizado pelo Instituto de Tecnologia de Israel‎ (Technion) mostrou que o exame de hálito pode ajudar no diagnóstico de câncer pulmonar, graças a sua capacidade de diferenciar os nódulos benignos dos malignos. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Journal of Thoracic Oncology.

O exame de hálito ajuda a descobrir se o tumor é maligno ou benigno. (Foto:Divulgação)

Análise do hálito permite identificar câncer pulmonar

Para chegar à conclusão de que o exame de hálito é eficaz para descobrir o câncer de pulmão, os pesquisadores coletaram o ar expelido por 74 pacientes, que tiveram os nódulos diagnosticados através de tomografia computadorizada.

Ao avaliar as amostras de ar, os autores do trabalho buscaram compostos orgânicos que indicam a presença do câncer no organismo. O próximo passo da pesquisa consistiu em submeter os pacientes aos exames invasivos, que serve normalmente para identificar os nódulos malignos, tal como a biópsia cirúrgica.

Depois de comparar os resultados dos dois testes, os estudiosos israelenses descobriram que a análise do hálito detectou 53 nódulos malignos e 19 benignos. Desta forma, os exames de ar podem ajudar a solucionar alguns problemas decorrentes da tomografia computadorizada, que já foi capaz de reduzir o índice de mortalidade por câncer de pulmão em 20% desde quando foi introduzida.

Veja também: Mais 80% dos fumantes acreditam que não sofrerão com câncer no pulmão

O novo exame é capaz de evitar procedimentos invasivos

O exame de hálito promete evitar biópsia pulmonar para descobrir se o tumor é benigno ou maligno. (Foto:Divulgação)

O teste de hálito para diagnosticar tumores pulmonares servirá de exame secundário para os pacientes que já passaram pela tomografia, podendo muitas vezes evitar um procedimento invasivo desnecessário.

Embora a pesquisa tenha descoberto que a nova técnica é eficaz na discriminação de tumores malignos e benignos, os pesquisadores alertam que os estudos são apenas iniciais e é necessário realizar o exame de hálito em outros pacientes para novas constatações.

Sobre o câncer de pulmão

O câncer de pulmão é diagnosticado através de exames específicos, como broncoscopia, tomografia computadorizada, radiografia, estudos citológicos e biópsia pulmonar. A inclusão do teste de hálito como um dos recursos para diagnóstico promete facilitar o diagnóstico da doença.

Normalmente a tomografia computadorizada é usada para o diagnóstico. (Foto:Divulgação)

Normalmente uma pessoa com câncer de pulmão desenvolve sintomas típicos, como tosse intensa, fraqueza, perda de peso inesperada, falta de ar e escarro sangrento. Quando a doença atinge o nível da metástase, a sobrevida do paciente não chega aos cinco anos. O tratamento contra o tumor pulmonar acontece através de quimioterapia.

Algumas atitudes simples ajudam a prevenir o câncer de pulmão, como não fumar, evitar o consumo excessivo de álcool, fazer exercícios físicos e ter uma alimentação saudável.

Saiba mais: Tratamento para o câncer de pulmão

Recomendados para você:

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL