Menu

Saúde

Atualizado em 6 de outubro de 2011, às 15:00 por Editorial MDT
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Entenda como a sibutramina age no organismo

Muitas pessoas acima do peso pensam em tomar a sibutramina, muito conhecida entre os “gordinhos”. Porém, é preciso conhecer os seus efeitos antes de experimentá-la.

285209 Sibutramina 2 Entenda como a sibutramina age no organismo

A sibutramina ou cloridrato de sibutramina é uma substância receitada para as pessoas que estão acima do peso e não conseguem emagrecer mesmo com exercícios físicos e dieta balanceada. Portanto, apenas em últimos casos. Ela faz parte dos agentes anfetamínicos e é administrada oralmente, sendo ingerido um comprimido de 10mg pela manhã todos os dias.

Para comprar os comprimidos de sibutramina, é preciso ter receita médica. Portanto, se você pretende emagrecer utilizando essa substância, consulte o seu médico. Na maioria dos casos, ela é indicada apenas para as pessoas que estão muito acima do peso, ou seja, com IMC (Índice de Massa Corporal), que é o resultado do seu peso dividido pelo quadrado da sua altura, além de 25kg/m². Além disso, um forte fator para que a substância seja receitada é quando o peso excessivo da pessoa pode afetar a sua saúde, predispondo-a a doenças como a diabetes e os males cardiovasculares.

A ação da sibutramina é no hipotálamo, parte do cérebro responsável pela saciedade, sendo então considerada como moderadora do apetite. Desse modo, o cérebro entende que a pessoa esteja saciada com menos alimentos e para de enviar mensagens para que ela coma. No entanto, ela não corta totalmente o apetite, por isso, a sua venda é permitida em farmácias, contanto que haja prescrição médica.

No entanto, não é somente o remédio que fará com que você emagreça, pois essa ação resulta de uma série de atitudes como fazer exercícios físicos e hábitos alimentares saudáveis. Portanto, não existe medicamento milagroso para emagrecer, porque, mesmo que você emagreça à base da sibutramina, o seu corpo precisará de atividades físicas para que a pele não fique “sobrando”.

285209 Sibutramina 1 Entenda como a sibutramina age no organismo

Além do mais, muitas pessoas que conseguem chegar ao peso almejado passam a ganhar os quilos perdidos novamente após o final do tratamento. Isso acontece principalmente porque não houve uma reeducação alimentar. Então, o paciente volta a comer como o fazia antes de começar o tratamento, ou seja, muita caloria passa a ser ingerida, o que traz a gordura de volta.

Por isso, para a manutenção do peso, é preciso continuar tendo a mesma alimentação de quando a sibutramina era tomada, além de muitos exercícios físicos.

Como quase todos os medicamentos, a sibutramina causa efeitos colaterais. Entretanto, eles só aparecem no início do tratamento. Os principais são a sudorese, as náuseas, a cabeça leve, a taquicardia, a constipação intestinal, a boca seca entre outros.

Há algumas contra-indicações para o uso da sibutramina. São elas: condições psiquiátricas como a bulimia, a anorexia, a depressão profunda ou manias pré-existentes, pacientes menores de 18 anos, hipertensão não controlada, lesões em válvulas cardíacas, insuficiência cardíaca, arritmia séria e mulheres grávidas ou lactantes.

285209 Sibutramina 3 Entenda como a sibutramina age no organismo

A sibutramina é uma substância aprovada pela ANVISA e, portanto, tem a venda liberada, contanto que seja receitada pelo médico. No entanto, se você conseguir seguir uma dieta balanceada e fizer exercícios físicos, não precisará tomar esse medicamento.

Conteúdo avaliado com média:
A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.