Você está em: MundoDasTribos > Tecnologia > DRM: o que é

DRM: o que é

No Brasil, muitas pessoas adquirem músicas a partir de alguma loja online para ouví-las no computador. No entanto, quando o indivíduo deseja ouví-las em seu celular, ou mesmo, pretendem fazer uma cópia do arquivo, não é possível. A depender do local onde a música foi adquirida, é provável que ela seja protegida com DRM (digital right management). Conheça abaixo um pouco mais sobre o que é DRM.

Conheça os riscos de comprar brinquedos piratas.

Alguns programas de computador possuem proteção contra a pirataria. (Foto: divulgação)

O que é DRM?

O DRM (digital right management – gerenciamento de direitos digitais) é um conjunto de tecnologias utilizado em conteúdos digitais para controlar a criação de cópias não autorizadas. Cada empresa utiliza um tipo específico de DRM. No entanto, independente do modelo, todos seguem as mesmas características, principalmente, a que restringe a utilização dos arquivos.

Essa limitação de utilidade é uma forma das empresas fonográficas, cinematográfica e de entretenimento, protegerem os direitos autorais,  impedindo o avanço da pirataria. Como cada vez mais os programas de compartilhamento se popularizando, as indústrias avaliaram a necessidade de criar um modo de impedir a proliferação de cópias ilegais de seus produtos.

Saiba quais as empresas que utilizam o bloqueio

A tecnologia DRM é utilizada por diversas empresas, incluindo a Microsoft, que possui em seu Windows media, um verificador de direito de uso. Assim, caso o indivíduo deseja ouvir alguma música não registrada, o programa não conseguirá executá-lo. Além disso, a depender do arquivo baixado via online, ele não será reconhecido em outros locais. A indústria do cinema também utiliza esse bloqueio, tentando realizar um programa de segurança de seus DVDs. Nesse caso, a restrição é denominada Content Scrambling (sistema de embaralhamento de conteúdo).

Algumas empresas utilizam o DRM para proteger seus arquivos da pirataria. (Foto: divulgação)

Conheça alguns arquivos que estão livres de bloqueio

A empresa Apple, por muito tempo, utilizou os bloqueios do DRM em seus arquivos vendidos, através da sua loja virtual. Além disso, os chamados Fairplay permitia que as músicas adquiridas só fossem executadas nos players oficiais da empresa, como o iPod, iTunes e iPhone. A indústria também permitia que o cliente criasse um número limitado de backups, sendo que apenas cinco computadores poderiam compartilhar os arquivos. No entanto, devido as constantes queixas de seus clientes, a empresa resolveu cancelar a proteção.

Algumas dicas de alternativas ao bloqueio

No intuito de tentar combater a pirataria e evitar o uso de qualquer tipo de restrição, algumas empresas de entretenimento optaram por lançar filmes com cópias digitais. Em geral, esses DVDs possuem arquivo no formato MP4, podendo ser usados em dispositivos móveis. Outra alternativa encontrada, é diminuir os valores do arquivos, favorecendo o aumento do consumo dos produtos.

Muitos arquivos baixados na internet, não podem ser utilizados em outros aparelhos, além do computador. (Foto: divulgação)

A tecnologia DRM é muito utilizada por empresas do entretenimento e visam a proteção dos arquivos, impedindo a pirataria. No entanto, é ideal sempre tentar adquirir produtos legais, de modo a evitar qualquer problema.

Saiba como descobrir se aquilo que você baixa na internet, é pirata.

Recomendado para você
Serviços

Activia GVT Login

Tecnologia

Como criar um QR Code

Tecnologia

Sky Pré-Pago Onde Comprar, Quanto Custa, Assinatura

Tecnologia

Top 10 Melhores Tablets em 2018

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *