Menu

Beleza

Atualizado em 18 de maio de 2011, às 18:20 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Drenagem Linfática: Para Que Serve?

drenagem Drenagem Linfática: Para Que Serve?

Muitas vezes, as pessoas desconhecem  o que é o sistema linfático, e a  drenagem linfática, que é oferecida até no mais humilde dos salões de beleza. Esse é um exemplo curioso de como um procedimento médico pode ser tão popularizado a ponto de virar artigo de beleza. A drenagem linfática foi criada nos anos 30 para tratar o inchaço decorrente de inflamações (chamado de linfedema). Durante décadas só foi aplicada por fisioterapeutas treinados para esse fim. Mas,  com decorrer dos anos se tornou popular entre entre as mulheres, principalmente no verão.

Mas, essa técnica da drenagem linfática é eficaz?

O sistema linfático é um conjunto de vasos e gânglios que protegem o organismo de infecções. Parece um rio cheio de afluentes. Os vasos linfáticos transportam a linfa, subproduto de tudo o que é descartado pelas células. Ela é formada por água, proteínas, gorduras e bactérias. A drenagem é uma estimulação manual que acelera a contração do sistema linfático. E, com isso, reduz o inchaço comum principalmente no período pré-menstrual.

Dreno 1 300x200 Drenagem Linfática: Para Que Serve?

As vantagens estéticas do método são muito mais limitadas do que se imagina. A drenagem apenas melhora o aspecto da pele e tira a sensação de desconforto causada pelo líquido acumulado, e a drenagem bem-feita é baseada em movimentos suaves. Se a paciente é apertada, sente dor ou fica com hematomas, o procedimento está errado. São movimentos suaves que ativam a circulação sanguínea e linfática e aceleram a eliminação de fluidos.

A perda de medidas  existe,  segundo os fisioterapeutas. A perda de líquidos dá a impressão de emagrecimento, mas o efeito dura no máximo alguns dias. Emagrecer, só é possível com atividade física e alimentação equilibrada. O inchaço diminui e isso reduz a sensação de peso corporal. Mas a gordura continua lá.

Quem fecha um pacote de dez sessões por até R$ 500 na esperança de trocar o jeans 40 pelo 38 na maioria das vezes está jogando dinheiro fora. O prejuízo não é apenas financeiro. A drenagem pode fazer mal à saúde. Alguns dos problemas causados pela drenagem malfeita é o fibroedema. A pele endurece e se torna impossível realizar os movimentos da drenagem.

No caso de infecções como gripe, bronquite, apendicite, a estimulação da circulação linfática pode ajudar a disseminar vírus e bactérias pelo organismo. Se a pessoa teve uma trombose venosa profunda há pouco tempo, a drenagem pode provocar o deslocamento de trombos. O resultado pode ser gravíssimo: uma embolia pulmonar ou um acidente vascular cerebral.

Existem disputas entre fisioterapeutas e esteticistas sobre qual das duas categorias estaria autorizada a oferecer drenagem linfática. Ambas estão, desde que os profissionais tenham passado por treinamento específico e as clínicas em que trabalham ofereçam boas condições de higiene.

Uma outra fonte de preocupação é quando a drenagem é aplicada em mulheres que têm câncer e não sabem. Existe a hipótese de que ela poderia acelerar a disseminação das células malignas pelo organismo. A dúvida é pertinente, mas não há consenso entre os médicos. É improvável que a drenagem acelere uma metástase. Os fisioterapeutas dizem que essa é uma situação delicada. Nunca houve registro de tumor disseminado por drenagem, mas a preocupação existe. Sabendo disso, procure um médico para que este dê uma opinião de acordo com o seu caso especificamente.

Dreno 2 300x300 Drenagem Linfática: Para Que Serve?