Search

Dores do parto: como reconhecer

Os momentos finais do parto geram muita ansiedade, especialmente para as mães de primeira viagem. Confira dicas de como reconhecer as verdadeiras dores do parto.
Google plus

A gestação é um momento único que, além de muita felicidade, também pode trazer imensa ansiedade, principalmente para as mamães de primeira viagem e pouco familiarizadas com a situação. Nos últimos meses de gravidez existe uma preocupação excessiva com relação à chegada da criança, e falsos sinais podem levar a mulher ao médico sem necessidade. Para proporcionar mais tranquilidade, confira as dicas de como reconhecer as dores do parto.

Saiba como lidar com o medo do parto.

Os momentos finais do parto podem causar muita ansiedade. (Foto: divulgação)

Alarme falso

Nos final da gestação é natural que a mulher passe por momentos em que pode experimentar contrações uterinas, chamadas de Contrações de Braxton Hicks, que apesar de parecem bastante reais, são insuficientemente intensas para iniciar o trabalho de parto, como aconteceria com as contrações verdadeiras. Isso significa que esse alarme falso é incapaz de proporcionar o apagamento e dilatação do colo uterino, mas em muitas situações é suficiente para causar muita preocupação à família.

A dica para identificar essa situação é prestar atenção na intensidade e regularidade das contrações do útero. Apesar de poderem se tornar repentinamente intensas, o que não é o mais comum, essas contrações possuem frequência irregular e podem desaparecer completamente, depois de algum tempo. Em algumas situações a gestante pode experimentar esses sintomas por dias ou até mesmo semanas, antes que o trabalho de parto comece efetivamente.

Confira mitos e verdades sobre o parto cesariano.

As contrações de Braxton Hicks são falsos sinais de trabalho de parto. (Foto: divulgação)

Como identificar falsos sinais de parto

  • As contrações são irregulares e na maioria dos casos não aumentam de intensidade com o passar do tempo;
  • A dor é localizada na região de baixo abdome e virilha, ao invés de atingir todo útero e irradiar para região dorsal;
  • As contrações melhoram quando a mulher se movimenta ou faz atividades como caminhada leve.

Sinais do verdadeiro trabalho de parto

  • As contrações vão se intensificando, além de serem regulares e diminuir o espaço de tempo entre um episódio e outro, com o avançar do trabalho de parto;
  • Perda do tampão mucoso, que é uma porção de muco espesso capaz de bloquear o canal cervical. Na maioria das vezes esse acontecimento antecede o trabalho de parto em 1 ou 2 dias, mas também pode ocorrer durante o trabalho de parto;
  • Ruptura da bolsa com saída de líquido amniótico, mais comum na forma de jato, mas que também pode ocorrer como gotejamento. Normalmente o trabalho de parto começa logo após esse acontecimento.

Entenda mais sobre os riscos da cesária e saiba como é realizado o procedimento.

É importante manter a calma e analisar a situação. (Foto: divulgação)

É importante esclarecer que o mais importante é manter a calma para analisar a situação e procurar um médico, caso seja necessário, pois os sinais de trabalho parto podem variar muito de uma pessoa para outra.


Google plus


Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

Antes de enviar um comentário, verifique seu conteúdo. Comentários que violem os Termos de Uso e Condições de Navegação do Portal mundo das Tribos e as leis em vigor poderão ser removidos pelo Portal Mundo das Tribos, sem prejuízo da adoção das medidas legais cabíveis pelo Portal.

Política de privacidade
Termos de uso e condições do site


Top