Menu

Notícias

Atualizado em 6 de março de 2012, às 13:15 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Dor de ouvido em crianças: o que fazer

A dor de ouvido é uma queixa bastante comum entre as crianças e pode cursar com sequelas auditivas irreparáveis. Confira dicas do que fazer nesses casos.
404444 Compressas quentes podem ajudar a diminuir a dor Dor de ouvido em crianças: o que fazerCompressas quentes podem ajudar a diminuir a dor.

A inflamação do ouvido que normalmente se manifesta na criança recebe o nome de otite e costuma cursar com sintomas como dor de cabeça, dor e pressão nos ouvidos, febre, mal estar e prostração geral. É bastante comum observar o surgimento desse mal acompanhando quadros gripais.

Inflamação e dor de ouvido

Algumas situações podem provocar o espasmo da Trompa de Eustáquio, um pequeno canal que liga o ouvido à garganta, e assim provocar dor no ouvido, como nos casos de quem toma uma friagem. É importante deixar claro que isso não significa que o ouvido está inflamado, sendo, portanto, essencial o diagnóstico diferencial entre as duas situações.

Nos casos em que a dor de ouvido ocorre por mudanças bruscas de temperatura, sem inflamação, a utilização de compressas úmidas e quentes por 30 a 60 minutos pode ser o suficiente para resolver o problema.

A inflamação de ouvido, propriamente dita, é um problema que deve ser diagnosticado por um médico, pois pode trazer algumas complicações e cursar com sequelas graves à audição, quando não tratadas da forma adequada. Por isso uma visita ao médico é sempre recomendada.

O rompimento da membrana timpânica que cursa com a saída de secreção purulenta (quando se diz que o ouvido “vazou”), é uma das complicações observadas com maior frequência.

404444 A otite pode trazer graves sequelas Dor de ouvido em crianças: o que fazerA otite pode trazer graves sequelas.

Cuidados gerais

Como na maioria das doenças infecciosas, algumas medidas gerais genéricas são válidas e podem ajudar a solucionar o problema com maior agilidade:

  • Alimentação rica em frutas e verduras;
  • Manter boa hidratação, consumindo um mínimo de 6 copos de água por dia;
  • Manter o quarto bem arejado, mas não com vento;
  • Repouso;
  • Evitar tomar sol na cabeça;

Compressas

É possível usar compressas quentes que funcionam como anti-inflamatórios e ajudam a diminuir a dor, desde que a criança não esteja apresentando febre. O recomendado é umedecer uma fralda em águe quente, torcer bem para retirar o máximo de líquido possível e, em seguida, aplicar sobre o ouvido afetado. Também é possível esquentar a fralda com um ferro de passar.

É bastante comum a prática de algumas mães que costumam colocar óleo de oliva quente com alho amassado dentro do canal auditivo. Essa prática não é recomendada é pode piorar a situação, pois além do risco de queimadura, favorece o acúmulo de secreção.

Vacinação

Para prevenir a dor de ouvido ou ao menos evitar quadros mais graves, é possível dar uma ajuda ao organismo na luta contra os agentes mais comuns. A vacinação contra a gripe e contra o pneumococo (incluída no novo calendário vacinal) são medidas importantes de prevenção.

404444 A dor de ouvido é uma queixa comum Dor de ouvido em crianças: o que fazerA dor de ouvido é uma queixa comum.

É importante reforçar que a dor de ouvido é uma queixa comum e precisa de cuidados especiais pelo risco de evoluir com sequelas, que o diagnóstico de inflamação no ouvido só pode ser feito pelo médico e que o tratamento caseiro serve como método auxiliar, mas não deve substituir a terapia medicamentosa receitada pelo especialista.