Menu

Serviços

Atualizado em 12 de março de 2011, às 12:50 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Doação de Animais Silvestres

Animais Silvestres 300x199 Doação de Animais Silvestres

Antes de emitir qualquer informação sobre o assunto, é bom saber que manter animais silvestres em cativeiro é crime, com previsão de cumprimento de pena. O Ibama fiscaliza forte esta situação por ter havido um tempo em que a comercialização de animais silvestres, principalmente pássaros, já virou uma mania no Brasil.

O Ibama alerta que são desastrosos prender animais silvestres porque quando soltos, eles não conseguem mais viver sozinhos e acabam morrendo, gerando assim um prejuízo para o meio ambiente. Para evitar esta situação foi que o Ibama criou o projeto de doação de Animais Silvestres.

Veja como funciona o doação de animais silvestres.

Os animais que estão sem conseguir sobreviver na natureza vão para um centro de recuperação, onde aprendem a se readaptar no meio ambiente e integrar o ciclo da natureza. E quando são recuperados, eles voltam à natureza, principalmente as aves, que não oferecem riscos a ninguém.

Fazendas que trabalham com ecoturismo têm sido parceiras do Ibama neste projeto que tem ajudado os animais a voltar para o seu habitat natural. Há um certo problema com animais mais pesados como a onça porque quando pequenas, e presas, não aprendem a caçar e o resultado é que voltam para o meio ambiente sem saber cumprir seu papel no ciclo.

Pela lei atual, quem mantiver em cativeiro um animal silvestre sem autorização do Ibama pode ser condenado a até um ano de prisão. Por isso é bom evitar a prática e seguir o que reza a cartilha da lei.

Sem contar que, agindo corretamente, você vai evitar sérios danos à natureza com uma quebra de ciclos que são vitais para o meio ambiente e até mesmo para a qualidade de vida do homem. Faça este trabalho de parceria com o meio ambiente e ajuda a preservar a vida.

Conteúdo avaliado com média:

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.