Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Saúde > Diferenças entre cirurgias do estômago

Diferenças entre cirurgias do estômago

Por Andre

Atualmente, existem várias opções de técnicas para a redução de estômago, que atendem a diferentes perfis de pacientes. Se você tem dúvidas a respeito delas, não deixe de conhecer as diferenças entre cirurgias do estômago, sobre as quais comentaremos a seguir.

Diferenças entre cirurgias do estômago
Diferenças entre cirurgias do estômago (Foto: Pixabay)

Perder peso nem sempre é fácil. Para algumas pessoas, bastam mudanças nos hábitos alimentares e começar a fazer atividades físicas com regularidade para diminuir as medidas, mas para outras, a tarefa não é tão simples.

Nos casos mais complicados, especialmente quando a pessoa está obesa, a saída pode estar nas cirurgias de redução de estômago, técnica que contribui para uma significativa perda de peso, melhorando a saúde do paciente como um todo.

Diferenças entre cirurgias do estômago

A cirurgia pode contribuir decisivamente para a perda de peso (Foto: Pixabay)

Quais são os tipos de cirurgias do estômago? Abaixo você conhece as técnicas mais usadas atualmente e as diferenças básicas entre elas:

  • Gastroplastia endoscópica: aprovada recentemente pela Anvisa, essa nova cirurgia reduz o estômago sem cortes, costurando-o (a capacidade diminui de 1,5 l para 600 ml).
  • Balão Gástrico: introduzido através de endoscopia digestiva, o balão reduz a capacidade do estômago pela metade e provoca a perda de apetite.
  • Sleeve: também chamada gastrectomia vertical, essa cirurgia bariátrica reduz o estômago em 70%, sendo indicada para quem tem obesidade mórbida.
  • Bypass: procedimento mais popular do segmento, a técnica consiste em dividir o estômago em duas partes e é indicada para quem tem doenças associadas à obesidade.

Qual a melhor cirurgia do estômago?

Qual a melhor cirurgia bariátrica para fazer? A resposta para essa pergunta é variável, já que cada técnica é indicada para uma situação diferente. A gastroplastia endoscópica, por exemplo, é para quem tem IMC acima de 35 e quer um procedimento menos invasivo, enquanto o balão gástrico é para quem tem IMC de 27 a 35.

A escolha da melhor técnica varia conforme o paciente (Foto: Pixabay)

O mais indicado é procurar um cirurgião gástrico de confiança, que vai solicitar uma bateria de exames e verificar a situação da sua saúde, como um todo, para então indicar a melhor técnica de redução de estômago para o seu caso.

Recomendado para você
Saúde

Ginástica Funcional, O Que é

Saúde

Chá para Descer a Menstruação

Saúde

Gripe H1N1 sintomas iniciais

Saúde

Doenças que dão direito à aposentadoria

Comentários