Bem Estar

Dieta saudável para cães: dicas, cuidados

A alimentação saudável para cães é muito importante para o seu crescimento e desenvolvimento. Todo cuidado é pouco na hora de escolher o cardápio do seu bichinho. Pensando nisso, selecionas dicas e cuidados com a dieta do seu cachorro.

A alimentação do seu cão deve ser rica em nutrientes e vitaminas. (Foto: divulgação)

Importância da dieta saudável para cães

A alimentação saudável é um dos principais itens para a saúde dos cães. Ela deve ser rica em carboidratos, proteínas, gorduras, vitaminas e minerais. Tudo isso faz com que o cãozinho obtenha um pelo mais bonito, aumente sua resistência, diminua o tártaro e mau hálito, tenha um bom funcionamento intestinal e outros benefícios.

Na hora de escolher o cardápio dos cães é importante tomar muito cuidado, pois existem alguns alimentos que podem proporcionar mal-estar e deixá-los doentes. O mais indicado é optar pelo uso das rações que são feitas de forma balanceada de acordo com as necessidades de cada faixa etária dos cães.

A ração ideal para o seu cão deve ser escolhida de acordo com a faixa etária dele. (Foto: divulgação)

Leia também sobre os alimentos que fazem mal para os cães 

Dicas e cuidados na hora de como escolher a ração do seu cão

Existem rações específicas para atender as necessidades nutricionais de cada cão. Veja como deve ser essa dieta.

1. Cachorra prenhe: durante a gestação e amamentação, as fêmeas necessitam repor suas energias e proteínas. Portanto, a ração mais indicada é a rica em gorduras e minerais.

2. Filhote: até os primeiros 45 dias de vida os cãezinhos devem ser alimentados com leite materno. Depois desse período, deve-se adotar alimentação com rações específicas para filhotes. Elas contêm nutrientes que vão ajudá-lo a crescer mais forte e saudável. Nessa fase, os grãos devem ser umedecidos com água morna para facilitar a mastigação do pequeno.

3. Cão adulto: os animais pequenos e médios se tornam adultos após 1 ano de idade. Já os cães maiores, somente aos 16 meses de idade. Na fase adulta a ração deve ser menos calórica, para evitar que o cãozinho engorde. Outras características que devem se consideradas é a raça e atividade física do animal.

4. Cão órfão: os cãezinhos órfãos devem ser alimentados com um substituto do leite materno e nunca com leite de vaca, pois é muito fraco para os pequenos.

5. Cão obeso: o cão é considerado obeso quando seu peso excede 20% do peso ideal. O excesso de peso pode causar várias doenças, dentre elas o câncer. A dieta deve ser rica em fibras e conter poucas gorduras. O ideal é que o cãozinho se exercite para ajudar no controle do peso.

6. Cão idoso: acima dos 7 anos, os cães de grande porte se tornam idosos. Já os pequenos aos 10 anos e os de médio porte entre 7 e 12 anos. Nesse período a ração consumida pelo bichinho deve ser hipocalórica e deve conter ingredientes que previnem o envelhecimento e outras alterações.

A dieta dos cães deve ser balanceada para que eles cresçam fortes e saudáveis. (Foto: divulgação)

Veja também o que fazer quando seu cão está sem apetite 

A dieta dos cães deve ser baseada em uma alimentação saudável para garantir um crescimento e desenvolvimento adequados. O ideal é optar por rações específicas para cada faixa etária, levando em consideração as necessidades nutricionais do cãozinho. O mais indicado é consultar um médico veterinário para indicar qual a melhor dieta para seu animalzinho de estimação.

Recomendado para você
Bem Estar

Conheça os benefícios da água

Bem Estar

Saiba como denunciar um caso de bullying

Beleza

Esmaltes vermelhos mais usados

Artesanato

Sachê perfumado: como fazer passo a passo

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *