Menu

Empregos

Atualizado em 2 de agosto de 2012, às 7:38 por Andréia Bariani
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Dicas para ser uma boa revendedora

Confira algumas dicas de relacionamento com clientes e seja uma revendedora de sucesso.

Trabalhar com vendas é uma atividade interessante e pode ser muito lucrativa. A mulher que deseja iniciar este tipo de trabalho deve estar atenta a muitos aspectos de sua personalidade e às características de seus clientes. Também deve saber se utilizar de técnicas de venda e, associando tais técnicas às suas próprias qualidades, certamente terá tudo para ser uma boa revendedora. As revendas possibilitam o estabelecimento de uma relação mais íntima entre revendedora e clientes. Por isso, se a mulher souber usar tal característica a seu favor, poderá obter sucesso e conquistar uma renda fixa mensal.

496421 Dicas para ser uma boa revendedora.1 Dicas para ser uma boa revendedoraOrientação ao cliente (Foto: Divulgação)

Assim como todo trabalho, a revenda de produtos requer disciplina e determinação. Muitos aspetos desta atividade podem ser negativos, mas também outros tantos serão positivos, desde que a revendedora tenha desenvoltura, bom senso e sabedoria, no momento da oferta de seus produtos.Para pessoas que estejam neste ramo ou estão pensando em começar a trabalhar nele, foram selecionadas algumas dicas para ser uma boa revendedora. Com elas, a profissional irá estabelecer uma ótima relação com seus clientes e também será capaz de aumentar sua clientela, de forma bastante satisfatória.

Como ser uma boa revendedora

É importantíssimo que a revendedora tenha atenção especial com sua aparência. Essa dica também tem relação com o produto vendido. Se a pessoa é uma revendedora de cosméticos, por exemplo, o ideal é que ela conheça bem o que vende e acredite na eficácia destes produtos. Para conhecê-los, nada melhor do que usá-los. Somente assim a mulher será uma boa revendedora de tais produtos, pois saberá como mostrar aos seus clientes a qualidade do que oferece a eles. Além disso, a forma como ela se se veste também é essencial. O recomendável é usar roupas discretas e manter suas mãos e cabelos sempre apresentáveis.

Leia mais sobre este trabalho em: Como se tornar revendedora Avon

496421 Dicas para ser umaboa revendedora.2 Dicas para ser uma boa revendedoraProdutos disponíveis para pronta entrega (Foto: Divulgação)

A revendedora deve conhecer muito bem todos os seus clientes. É preciso saber quais as reais necessidades de cada um, para que não cometa erros, oferecendo a eles o que certamente precisarão. Junto a isso, deve-se ter atenção com todos, mostrando que eles nunca são esquecidos. Um telefonema ou brindes, de vez em quando, são bem vindos, especialmente em datas de aniversário. Outra dica para revender é que se mantenha uma espécie de arquivo, para cada um. Com isso, pode-se prever o momento em que o produto irá acabar e fazer contato com o cliente, para verificar se ele gostaria de renovar o pedido.

496421 Dicas para ser uma boa revendedora.3 Dicas para ser uma boa revendedoraConhecimento do produto oferecido (Foto: Divulgação)

É importante ter produtos de pronta entrega; da mesma forma, manter itens destinados a demonstrações. Também é indicado que se oriente a decisão do cliente. Mas, atenção! A profissional nunca deve decidir por eles. Desta forma, ela será considerada uma boa revendedora, pois ganhará a fama de pessoa que sempre tem produtos disponíveis e que auxilia seus clientes, em sua decisões.

Outra dica importante diz respeito à propaganda. A revendedora deve se utilizar do famoso “boca a boca” e, a cada visita que realizar, solicitar indicações de outras pessoas, aos seus clientes.

496421 Dicas para ser uma boa revendedora.4 Dicas para ser uma boa revendedoraTer boa aparência (Foto: Divulgação)

Deve-se estar sempre atenta às novidades e ser uma revendedora antenada, especialmente quanto às atualizações referentes aos seus produtos.

Para finalizar nossas dicas para ser uma boa revendedora, destacamos a importância da forma de abordagem  dos clientes. A profissional deve procurar ser sorridente e simpática (mas sem exageros; deve-se ser natural), bem como prestativa e eficiente. Na hora de oferecer um produto, é bom saber como abordar as pessoas. Para isso, é necessário desenvoltura e conhecimento sobre o que vende, apontando as vantagens de aquisição do que se está mostrando. Se o cliente, no entanto, não se interessar, é melhor não ser insistente. Procurar, também, aprender a lidar com rejeições. Assim como qualquer tipo de trabalho, ser uma revendedora também trará dias em que tudo vai mal, mas também haverá dias de sucesso. Trata-se de algo normal e mulher não pode desistir, nem sentir-se frustrada.

Aproveite e leia: Como ser revendedora De Millus