Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Dicas para dar mesada ao filho

Dicas para dar mesada ao filho

A mesada é uma excelente oportunidade para ensinar a criança a administrar seu próprio dinheiro e assumir responsabilidades financeiras desde pequeno. Entretanto, é preciso que os pais fiquem atentos aos gastos dos filhos e sigam algumas regras para que possam aproveitar a ocasião da maneira mais positiva possível. Saiba mais e confira algumas dicas para dar mesada ao filho.

Confira dicas de como definir o valor da mesada dos filhos.

A mesada é uma oportunidade dos pais ensinarem o bom uso do dinheiro aos filhos. (Foto: divulgação)

Deixe a criança cuidar de suas próprias necessidades

Antes dos pais pagarem a mesada é preciso que a família entre em acordo e deixe claro para os filhos quais necessidades estarão sob suas responsabilidades. Por exemplo, para determinada família o gasto com roupas pode ser incluída na lista de deveres dos pais, enquanto que, em outras situações, seria incluído apenas o gasto com roupa escolar.

Não exagere na mesada

O ideal é que a mesada não seja muito grande. O mais recomendado é adotar um valor baseado no orçamento doméstico, de forma que a criança não tenha o suficiente para comprar o que bem desejar, mas seja estimulada a fazer um uso racional do dinheiro e entender que é preciso ter disciplina para conquistar bens materiais.

O valor da mesada e a idade da criança

Conforme a criança cresce, passa a precisar de mais dinheiro, o que é completamente natural. Muitos pais podem acabar caindo na tentação de dar, à criança mais velha, uma mesada correspondente ao que ela seria capaz de ganhar em um trabalho integral. Entretanto, esse é um ato falho, pois impede o desenvolvimento da capacidade para ganhar dinheiro.

A criança deve aprender a economizar o dinheiro e gastar com responsabilidade. (Foto: divulgação)

Por exemplo, se uma criança de 7 anos ganha R$ 20,00 por mês, é compreensível que seu irmão mais velho, de 15 anos, ganhe R$ 40,00. Contudo, muito provavelmente o dinheiro do mais novo renderá mais do que o do mais velho, que deve ser estimulado pelos pais a ganhar o necessário para complementar sua renda por conta própria.

Incentive a fazer uma poupança

Independente do valor da mesada ou da idade da criança, os pais devem estimulá-la a guardar uma parte do que ganha no banco. Além de poder instruir sobre o poupar o dinheiro, essa medida também faz com que as crianças assumam a responsabilidade de comprar algumas das coisas que querem e que são dispensáveis, como videogames e outros brinquedos.

Saiba mais sobre as utilidades da conta poupança.

Mostre a importância da caridade

Uma família saudável e que preza pelo bem estar do próximo não deve deixar de ensinar a caridade à criança. Essa medida é capaz de fazer com que os pequeninos se sintam bem ao ajudar os mais necessitados, resultando em um impacto extremamente positivo em suas vidas e numa visão completamente diferente sobre o bom uso do dinheiro.

Ensinar a solidariedade desde cedo é muito importante. (Foto: divulgação)

Dar mesada ao filho pode ser uma ótima oportunidade para ensinar sobre o uso racional do dinheiro, contribuindo para que se tornem adultos independentes, mais responsáveis e até mesmo que assumam compromissos sociais.

Recomendado para você
Bem Estar

Tratamento caseiro para gota

Bem Estar

Tintas para gesso, como escolher

Bem Estar

Moda country feminina 2018

Bem Estar

Jardins em pequenos espaços: como fazer

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *