Bem Estar

Dia do índio na educação infantil

O Dia do Índio deve ser celebrado com muita alegria na educação infantil. (Foto: Divulgação)

O dia 19 de abril ficou reservado no calendário como sendo o Dia do Índio porque nesse dia em 1940, foi realizado o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano, onde foram discutidos os direitos dos índios em todo o continente americano. Os índios foram os primeiros habitantes desse continente e a sua cultura é muito rica e bonita. Por isso, as crianças devem aprender desde cedo a respeitarem essa minoria brasileira. Para tanto, você pode fazer várias atividades com os pequenos, contanto que lhes explique que os índios já não se comportam e se vestem mais como no século XV, quando o Brasil foi descoberto. Sendo assim, saiba como fazer o Dia do Índio na educação infantil.

De acordo com a Lei 11.645/08, a cultura indígena deve ser incluída no currículo escolar. Desse modo, você deve trabalhar com esse tema durante o ano todo, distribuindo-o entre as diversas disciplinas, seja em Artes, Português, História ou Matemática. Nesses momentos, aproveite para desmitificar a imagem do índio que é sempre vista em desenhos e filmes, mostrando-lhes fotos e vídeos de como essa população vive atualmente, frequentando universidades, usando a tecnologia e usando roupas. Assim, as crianças se livram dos preconceitos e aprendem a respeitar os índios.

Mas na semana do índio, não há problemas se você usar objetos que lembrem os índios como cocares, pinturas, tangas, ocas, colares, pulseiras entre outros. O importante é as crianças estarem conscientizadas de que os índios não têm uma cultura atrasada, mas que eles têm os seus costumes e cultura.

E para que as crianças aprendam a respeitá-los, que tal fazer esse lindo Cocar da Esperança? Para tanto, faça um índio usando cartolina, papel dobradura de várias cores e tinta guache. Distribua os desenhos das penas xerocadas em papel sulfite e peça para as crianças cortá-los. Em seguida, cada criança deve colorir a sua pena como desejar, usando lápis de cor ou giz de cera. No final, cole as penas em volta da cabeça do índio, dando-lhe um lindo e colorido cocar. Com esse trabalho, as crianças aprenderão que, com a cooperação de todos é possível fazer algo ainda mais bonito.

Com o Cocar da Esperança as crianças aprendem a cooperar umas com as outras. (Foto: Divulgação)

O segundo trabalho é individual. Cada criança precisará de um retângulo de papel cartão verde, um retângulo de papel cartão azul, tinta guache de várias cores, lantejoula, cartolina azul e canetinha hidrocor preta. Peça para que elas colem o papel cartão azul no verde, deixando uma margem na qual podem fazer o desenho que desejarem. Pinte a palma da mão de cada criança de uma cor, assim como cada dedo. Então, peça para que elas apertem a mão contra o cartão. Em seguida, elas devem colar o cocar feito de cartolina azul e as lantejoulas para enfeitá-lo. Por fim, elas desenham o rostinho e aí está uma linda recordação do Dia do Índio.

O indiozinho feito com a palma da mão fica colorido e divertido. (Foto: Divulgação)

O Dia do Índio não pode passar em branco na educação infantil, pois é desde cedo que as pessoas devem aprender a respeitar os índios, que habitavam esse país muito antes de nós.

Recomendado para você
Bem Estar

Cartão Fidelidade Gol

Bem Estar

Botas femininas inverno 2017

Bem Estar

Programa Celso Portiolli Construindo Um Sonho

Bem Estar

Festa junina 2017 – Dicas de decoração

Comentários
  1. renata disse:

    parabens!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *