Menu
Você está em: MundoDasTribos > Designer australiano cria máquina que captura a água do ar

Por mais seco que seja o ar à sua volta, a máquina é capaz de recolher certa quantidade de água potável.
Por Redacao -
Airdrop / Divulgação

O designer australiano Edward Linnacre criou uma máquina, de baixo custo, capaz de captar a unidade do ar e transformá-la em água. Conhecido como Airdrop, o protótipo se alimenta de energia solar e visa fazer a manutenção da umidade do solo em locais de plantações, onde a seca é severa. Segundo o seu criador, ela é capaz de extrair unidade do ar até mesmo de regiões desérticas.

Certamente, você já observou que nas bordas de um copo bem gelado, formam-se pequenas gotas de água. Essa quantidade de líquido estava no ar, em volta do copo na forma de vapor e, ao entrar em contato com a superfície do copo, é resfriado e volta à sua forma líquida. Caso o ar esteja puro e a superfície refrigeradora limpa, a água resultante é, perfeitamente, potável.

Da mesma forma, o Airdrop conta com uma espécie de turbina que capta o ar acima da superfície e o envia para uma serpentina subterrânea de cobre, onde ele é resfriado. A partir de então, a água resultante da condensação é isolada e se acumula em um pequeno tanque. A máquina, também, pode utilizar uma bomba para enviar a água captada, para outros locais. Ele vem com um painel de LCD que informa a quantidade de água acumulada, carga da bateria e qualidade da água.

Linnacre conta que a máquina utiliza apenas tecnologias simples, o que deve colaborar para a baixa manutenção e custos reduzidos do Airdrop. A ideia é fazer com que o aparelho seja tão simples que possa ser instalado pelo próprio produtor rural, que o adquiriu. Em manutenções futuras da máquina, o designer pretende torná-la autossuficiente, apenas com a energia solar que ela capta.


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL