Menu

Bizarro

Atualizado em 21 de setembro de 2011, às 20:20 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Descubram quais são as piores epidemias do mundo!

Os problemas de saúde enfrentados pelo homem é algo milenar. Desde que ele passou a existir, vários problemas afetaram a nossa saúde [...]

273800 mexico gripe sorriso mascaras efe 407x305 Descubram quais são as piores epidemias do mundo!

Os problemas de saúde enfrentados pelo homem são algo milenar. Desde que ele passou a existir, vários problemas afetaram sua saúde. Mas como se deu sua proliferação? Ocorreu através de algo que conhecemos por epidemia. Muitas epidemias já arrasaram vários países. Com isto, milhões de pessoas já perderam suas vidas.

Para se ter ideia, algumas são tão graves que até hoje (em pleno século 21) a sua cura ainda não foi descoberta. Engana-se quem acha que os países mais pobres, como os do continente Africano, são os que mais sofrem por conta das epidemias. Claro que países menos desenvolvidos sofrem mais por falta de recurso e mão-de-obra para lidar com o problema, mas algumas epidemias como o vírus HIV (AIDS), por exemplo, faz vítimas em todo e qualquer lugar do mundo.

O vírus HIV já matou mais de 25 milhões de pessoas desde o primeiro caso que ocorreu em 1981. A doença é chamada de Síndrome da Deficiência Imunológica Adquirida. Ela é um conjunto de sintomas, infecções e problemas que afetam o sistema imunológico das pessoas. A estimativa da Organização Mundial da Saúde, OMS, é de que mais de 15 mil pessoas sejam infectadas por dia e mais de 45 milhões já estejam infectadas em todo o mundo. Isto representa um número alarmante não é mesmo?

Outra grande epidemia é a Varíola. Ela já matou mais de 500 milhões de pessoas em todo o mundo. O curioso é que o último caso de registro do vírus foi em 1977 na Somália e desde então não mais se ouviu falar sobre ela. No entanto, o vírus é guardado em laboratórios governamentais dos Estados Unidos, na Sibéria e Rússia. A pergunta que fica para todos nós é: O vírus estaria guardado por proteção ou para algum tipo de experiência?!

A Varíola foi a principal causa de destruição das populações nativas da América. Foi também a principal responsável por grande parte da população Asteca e já atingiu boa parte da população mundial.
A Gripe espanhola também foi outra epidemia que fez um grande número de vítimas (aproximadamente, 50 milhões em um curto espaço de tempo – em apenas dois anos). Diante dos dados, estima-se que a Gripe Espanhola tenha afetado cerca de 50% da população mundial. Já em países como a China e a Índia, ela se proliferou com muito mais rapidez e foi considerada uma das mais graves epidemias da história.

Quanto à origem da Gripe Espanhola ainda há uma incógnita. E como surgiu o seu nome? A epidemia recebeu este nome como uma justificativa pela não participação dos soldados na guerra (justificaram que eles não participariam da guerra visto que estavam morrendo da doença). Outras epidemias como a Peste Negra, Cólera e Malária já afetaram (consideravelmente) a população mundial a qual se viu apavorada por não ter uma cura ou tratamento adequado.

As epidemias vão surgindo ao longo dos anos. Mesmo que as novas tecnologias auxiliem os homens a administrar e solucionar melhor estes problemas, certamente eles sempre surgirão a cada ano e em diversos lugares do mundo