Menu

Serviços

Atualizado em 15 de novembro de 2011, às 13:00 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Décimo terceiro proporcional: como calcular

Já recebeu a primeira parcela do décimo terceiro? O cálculo é bastante diferente dos cálculos proporcionais das férias. Ele é dividido por mês de trabalho.

Já recebeu a primeira parcela do décimo terceiro? Se ainda ele não foi pago, saiba que daqui a alguns dias você estará usufruindo deste direito. O 13º salário, além de ser uma grande conquista do trabalhador brasileiro é uma forma de ajustar as finanças através de um segundo salário recebido nos últimos meses de cada ano (novembro e dezembro). É, sem dúvida, uma grande oportunidade de comprar tudo o que for necessário e estiver dentro das possibilidades, bem como um meio de colocar as dívidas e compromissos em dia ou até mesmo investir em algo que se planeja para o próximo ano.

Todos os brasileiros que trabalham com a carteira assinada têm o direito de receber o décimo terceiro salário e inclusive os que começaram a trabalhar nos últimos meses deste ano. Neste caso, a pessoa receberá o pagamento do décimo de forma proporcional, ou seja, o seu décimo terceiro salário é calculado com base no mês de admissão até o último mês do ano. Mas, é importante entender como este cálculo é feito para se chegar ao valor correto que você deverá receber. Que tal aprendermos juntos, vamos lá.

321180 3 Décimo terceiro proporcional: como calcular

O cálculo é bastante diferente dos cálculos proporcionais das férias. O Décimo terceiro é dividido por mês de trabalho. Mas, tem um detalhe: Se o empregado exercer as suas atividades durante os dias 1 a 14 do mês, ele terá direito a 2/12 avos (Dois doze avos) de 13º Salário Proporcional. Caso trabalhe de 1 a 15 ou 1 a 30 dá no mesmo (ele terá direito a 1/12 avos de 13º salário). Por isso, o cálculo é feito de mês a mês, sempre observando a fração menor ou superior aos 15 dias. Após este detalhe, o cálculo é baseado no tempo integral de serviço prestado durante o ano.

Para esclarecer eventuais dúvidas, vamos a um exemplo prático. Tendo por base um salário base de R$ 880,00 e 12 meses de tempo trabalhado. O calculo será feito da seguinte forma: Divide-se o salário bruto (R$ 880,00) por 12 (representa o tempo trabalhado no ano em curso). O resultado será R$ 73,33. Depois, multiplica-se pelo tempo trabalhado (12 meses) dará um valor de R$ 879,96. Entretanto, deste valor é descontada uma porcentagem para o INSS. Salientamos que o 13º poderá ser pago em duas parcelas sendo a primeira efetuada até o trigésimo dia do mês de novembro sem descontos de INSS ou IRRF (caso seja necessário). Já a segunda, deverá ser paga até o vigésimo dia do mês de dezembro com todos os descontos de INSS e IRRF.

Geralmente, as pessoas responsáveis por estes cálculos são os escritórios de contabilidade. Há empresas que fazem o adiantamento do décimo terceiro salário juntamente com as férias. Para isto, é preciso que o empregado faça, obrigatoriamente, um requerimento no mês de janeiro para apresentar ao setor de RH. Aproveite bem o seu 13º salário e boas festas.