Menu

Cursos Gratuitos

Atualizado em 3 de julho de 2011, às 5:33 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Cursos > Cursos de Caligrafia Grátis

Cursos de Caligrafia Grátis Cursos de Caligrafia Grátis

No curso gratuito de caligrafia você irá ter um conhecimento vasto na área podendo aprender muita coisa, sendo que a palavra caligrafia vem de duas palavras gregas: kalli que significa beleza e grafia que significa escrita, logo podemos notar que caligrafia é a arte da escrita bela ou bonita, como quiserem encaixar os sinônimos, a caligrafia é um dom pessoal que cada pessoa tem e traz desde o principio das aulas na escola, a caligrafia vem se desenvolvendo ao longo do tempo, não impedindo que as pessoas realizem um curso de caligrafia artística, para que a caligrafia seja estudada de uma outra forma podendo escrever de belíssimos jeitos.

Ter uma letra bonita é uma necessidade para algumas pessoas e apenas uma vontade para outras. Professores e mestres se cobram mais para ter uma letra legível e bonita, o que nem sempre é uma realidade na vida delas.

Mas para isso há cursos e apostilas para a melhora da grafia. E disponibilizamos aqui uma apostila que ajudará no aprimoramento da grafia, com um curso teórico-prático. Para praticar imprima as páginas de exercícios e treine em casa. Lembre-se que a prática leva a perfeição.

No curso de caligrafia grátis existem alguns tópicos importantes para que o aluno possa se empenhar, segue uma lista com os tópicos que serão apresentados para os alunos nos cursos:

Caligrafar
O que nós fazemos
Caligrafar um convite
Caligrafar um convite de casamento
Cuidado com a caligrafia
Como funciona o teste
O que nunca se pode deixar passar
Como ter uma boa letra
Escrever em itálico
O que é caligrafia1245737783240 bigPhoto 0 Cursos de Caligrafia Grátis
Sobrescrito de envelopes
Serviço de acabamento
Preenchimento de diploma ou certificado
Elaboração de originais
Perguntas mais freqüente.

As aulas de caligrafia pela internet poderão ser realizadas através do site ideal grátis onde é oferecidos vários exercícios para que você melhore sua caligrafia, esses exercícios estão juntos de explicações para que você não só melhore sua caligrafia como também entenda o que está fazendo.

Você poderá aprender muitas coisas novas no curso on-line de caligrafia, é a sua chance de aprender e descobrir a arte que existe por trás da caligrafia, existe muitas pessoas que ganham dinheiro caligrafando convites e cartas para casais, não fique aí parado, acesse agora mesmo o site do curso on-line grátis e veja a disponibilidade da apostila de Curso de Caligrafia 300x226 Cursos de Caligrafia Grátiscaligrafia grátis.

A caligrafia é a arte da escrita. Elegante e fina. A escrita é um meio de comunicação por sinais preestabelecidos. Podemos gravar, imprimir e escrever à mão. Podemos gravar em pedras, metais ou madeira, Podemos imprimir em papel. Gravar e imprimir, porém, são formas de escrevermos de modo padronizado, impessoal.

Diferentemente, os manuscritos – textos escritos à mão – possuem uma forma pessoal, possuem o ESTILO PRÓPRIO, de quem escreve. As formas antigas e atuais desta arte, nos mostram que a grafia manuscrita possibilita infinitas variações pessoais e artísticas. Mudanças e comportamentos em modismos através da história mudam as tendências de emoções humanas, bem como as suas formas de expressão.

Deste modo, as tendências da caligrafia, também se modificam. A necessidade de desenvolvimento da velocidade é a primeira transformação radical nos traços artísticos. Torna-os menos rebuscados. A caligrafia pode ser definida como grafia manuscrita, na qual a liberdade individual é bem conciliada com os olhos que a lêem. Reconhece-se imediatamente a beleza proveniente dos componentes gráficos numa bela proporção de traços e harmonioso conjunto das letras de uma palavra.

Muitos escritos de um passado remoto, ou mais recentes como “Manuscritas Rústicas” , “Carolinas” e “Minúsculas”, assim como as “Góticas”, que as seguiram. Isso demonstra que as letras manuscritas, apesar de artesanato elementar é capaz de infinitas variações.

No período medieval, incluindo as ordens religiosas, maravilhosos textos caligrafados foram produzidos. Muitas classes sociais ocupavam-se disso, trabalhando com exclusividade nesta forma artística escrivães públicos, criados e artesãos, em geral.

Se a pessoa demonstrava tendência a este tipo de arte, imediatamente era afastada de suas funções cotidianas e todo o seu tempo era dedicado ao estudo e exercício, para que seus dons fossem cada vez mais desenvolvidos. Sua vida social e financeira, ascendia automaticamente e ali, como artista, o artesão era diferenciado. Assim se tornavam, com o tempo, mestres calígrafos.

Esses calígrafos, finalmente, seriam destinados à elaboração de documentos e textos muito importante. Os iniciados e califrafia1 300x285 Cursos de Caligrafia Grátisintermediários, de médio desenvolvimento artístico, ocupavam-se de tarefas e documentos mais simples. Aos mestres cabia o trabalho mais nobre. Assim mesmo, por vezes, demoravam anos e anos, para grafar textos de obras literárias sagradas importantes às quais eram escritas sobre o couro de carneiro ou papiro vegetal, e eram encadernadas em couro especial, com inscrições em ouro. Algumas dessas valiosíssimas obras, encontram-se ainda em exposição em famosos museus europeus e asiáticos.

A época Renascentista mudou drasticamente a tradição da escrita européia. Por todo o continente apenas um país, resistiu bravamente aos seus costumes e tradições e manteve-se firme e fortemente; dando ainda mais ênfase à escrita GÓTICA. Esse país era a Alemanha. Por isso a denominação até os dias de hoje: CALIGRAFIA GÓTICA ALEMÂ.

A Renascença, em toda a sua revolução cultural na Europa, nos séculos passados, fez muito mais do que reverter os estilos artísticos. Em sua fase inicial, foi um movimento de curiosidade intelectual sem limites, ou seja, a marca de uma qualidade humanística. Esta sempre foi uma qualidade, do ser humano predominante nesta revolução cultural. caligrafia 300x200 Cursos de Caligrafia Grátis

No século XV, a igreja era incumbida da tarefa de lecionar para o povo em geral. Ela dominava o mestrado das artes, da ciência, enfim do conhecimento em geral. A caligrafia artística foi desenvolvida principalmente pelo clero, na propagação das artes e ciências. Esta é uma das heranças culturais e artísticas da Igreja.

A sociedade medieval dependia das autoridades, da Igreja e do Estado. Mãos foram treinadas e livros foram escritos de acordo com o procedimentos e demandas litúrgicas, administrativas e judiciárias. Como em outras manifestações artísticas a CURIA romana mantinha (e até hoje mantém) um grupo de artistas calígrafos, conhecidos como CHANCELARIA APOSTÓLICA, que emitia todos os documentos do papa, e uma chancelaria menor, encarregada de outros livros e documentos. Em 1431, foi designado um calígrafo especial para o papa Eugênio IV, , para documentos e cartas breves. Era uma caligrafia não elaborada, rápida e sem enfeites, porém muito bonita. Essa caligrafia ficou conhecida como MANUSCRITA CURSIVA, passando a ser um  exemplo corrente a partir do século seguinte

Os primeiros trabalhos em formação de letras, usaram letras maiúsculas e foram compilados por entusiasmados 271 Cursos de Caligrafia Grátisadmiradores das antigas inscrições em Latim, como Ciriaco de Ancona, que coletou, transcreveu e copiou todos os memoriais, inscrições em lápides de túmulos e inscrições em tábuas de madeira e pedra, que ele pode descobrir.Andrea Mantegna introduziu seus famosos manuscritos em Pádua. Feliciano de Verona, compilou uma coleção de textos a Mantegna. Feliciano também artesanalmente escreveu o mais extenso tratado das variadas formas de caligrafia. Este trabalho está datado de 1463 sendo o primeiro a fornecer diagramas e instruções de formas das letras maiúsculas romanas. O primeiro trabalho impresso, desta espécie é modestamente anônimo e possui uma inscrição em latim:

“IMPRESSUM PARME PER DAMIANUM MOYLLUM, PARMENSEM”

A inscrição pode ser assim traduzida: “Impresso com a permissão e colaboração de Damiano Moille”. Como foram achados vários trechos assinados pelo mencionado artista, conclui-se que boa parte da autoria da obra e o alfabeto, são de Moille. Com essa pesquisa pode-se estabelecer a data da obra com alguma precisão: entre 1480 e 1483.

Conteúdo avaliado com média: