Menu

Cursos Gratuitos

Atualizado em 2 de fevereiro de 2010, às 16:25 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Cursos > Curso Gratuito de Língua Portuguesa 2010

 

curso gratis reforma ortografica das novas regras lingua portuguesa Curso Gratuito de Língua Portuguesa 2010 A língua portuguesa é considerada uma das mais complexas do mundo, exigindo atenção na hora de se pronunciar e escrever as frases. São 10 paises que adotam o português como idioma oficial, existindo algumas diferenças na escrita e também na pronúncia.

Ao longo do Ensino Fundamental e Médio aprendemos os principais conceitos da língua portuguesa, suas regras gramaticais e ortográficas. As aulas de português nas escolas também estão valorizando a interpretação de texto, onde os alunos aprendem a fazer uma leitura atenta e retirar informações implícitas, ou seja, aquelas que não estão evidentes no texto.

Nem sempre as aulas de português da escola são suficientes para oferecer a carga de conhecimentos que necessitamos, nesses casos é necessário optar por um curso gratuito de língua portuguesa. Essa espécie de reforço ajuda a compreender a linguagem e pode usar materiais didáticos como apoio.

Na internet é possível encontrar curso online gratuito de português, uma opção de estudos que enriquece os conhecimentos. A Universidade Estácio de Sá promove esse curso virtual onde ao final de cada módulo o estudante é submetido a uma avaliação. O aprendizado acontece a partir da realização de exercícios. Faça o cadastro no Curso de Português Estácio de Sá e participe de todas as atividades propostas.

Caso você não tenha muito tempo disponível para estudar, a dica é participar de um curso jp0077 100portugues g Curso Gratuito de Língua Portuguesa 2010 de língua portuguesa EAD, tendo como suporte o sistema de Educação a Distância. O Portal Educação investe no curso de Reforma Ortográfica, onde os alunos aprendem todas as mudanças que aconteceram no idioma. Com uma carga horária de 60 horas, o curso custa R$ 165,86 e pode ser parcelado em três vezes sem juros no cartão. Acesse o Portal Educação para mais informações.

O curso gratuito da nova ortografia também é encontrado gratuitamente na internet, no formato de uma apostila onde as novas regras são explicadas detalhadamente. Apesar de não atribuir certificado, o Guia Pratico Michaelis é um ótimo material didático. O curso de gramática você encontra por bons preços no site Vestcon.

Agora com a reforma ortográfica será necessário que procuremos nos atualizar sobre as novas regras da língua portuguesa para não fazer feio na hora de exercitar a escrita. Para realizar um curso grátis sobre a reforma ortográfica brasileira acesse: http://www.camara.gov.br/internet/reformaortografica/navegacao.html. Abaixo você confere as novas regras ortográficas, veja o que mudou:

USO DO HÍFEN: agora não serão mais separadas por hífen palavras terminadas com “R e S” dobrando-se a consoante, ex: contra-regra e anti-social agora serão escritas como “contrarregra” e “antissocial”.
*O mesmo acontece com palavras terminadas com vogais diferentes, veja: auto-afirmação, auto-escola agora ficam -> “autoafirmação” e “autoescola”.
*No caso de palavras terminadas com mesma vogal, será NECESSÁRIO o uso do hífen, ex: antiinflamatório e microônibus agora passarão a ser “anti-inflamatório” e “micro-ônibus”.

ACENTUAÇÃO:

-HIATO: na presença de hiato não será mais necessária a presença de acentuação, ex; vôo, crêem e vêem agora ficarão “voo”, “creem” e “veem”.

-HIATO EM “I” E “U”: quando o hiato tônico de “i” e “u’vierem depois de ditongo, não se utilizará acentuação, veja: baiúca e feiúra passaram a ficar como “baiuca” e “feiura”.

-DITONGO “EI” E “OI”: Nas palavras paroxítonas não serão mais acentuados os ditongos abertos “ei” e “oi”. Veja exemplos: assembléia, platéia, paranóia e jibóia agora ficaram “assembeila”, “plateia”, “paranoia” e “jiboia”.

-PALAVRAS HOMÔNIMAS: o acento diferencial existente nas palavras de grafia igual porém significado diferente (homônimas) não será mais utilizado, ex: pára/para, pêlo/pelo e pólo/pólo agora ficará somente “para”, “pelo” e “polo”.

TREMA: Exceto em nomes próprios como Müller, o uso da trema será desabilitado, veja exemplos: conseqüência, freqüência e cinqüenta agora passará a ser simplesmente “consequência”, “frequência” e “cinquenta”.

804741622081629f19b5b2524b340e54 300x294 Curso Gratuito de Língua Portuguesa 2010