Menu

Cirurgia Plástica

Atualizado em 21 de dezembro de 2011, às 23:20
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Corrente russa de tonificação – como é feita e para que serve

Um tratamento para tonificação muscular. Conheça um pouco mais esse método chamado ‘Corrente Russa,’ que faz sucesso no Brasil e no mundo.

360489 Corrente russa de tonificação como e feita e para que serve Corrente russa de tonificação   como é feita e para que serve

Esse é um procedimento que utiliza cargas elétricas para a contração forçada do músculo, tonificando-o com o passar do tempo. Além da tonificação muscular, a técnica ajuda no combate à flacidez e age como uma drenagem linfática. O aparelho ainda pode servir para tratamentos específicos. O que difere de uma função para outra é a intensidade das cargas elétricas.

No mercado existem alguns pequenos aparelhos que podem ser usados em casa. Eles são ligados aos principais músculos do corpo, como abdômen, coxa, braço e assim por diante. Os choques são ligados e os músculos contraídos. O tratamento em clínicas é mais intenso, rápido e com resultados mais aparentes. Você tonifica todos os músculos ao mesmo tempo.

Como é feita a Corrente Russa de Tonificação

É aplicado um gel na região onde as plaquinhas vão ser colocadas. É dessas plaquinhas que saem as cargas elétricas. A estimulação provoca contração muscular, o que aumenta a circulação sanguínea, melhora a oxigenação celular e elimina toxinas. É uma opção ainda para combater a celulite, imperfeição que incomoda tantas mulheres. Não há dor, mas pode haver um certo incômodo, dependendo da intensidade da carga.

360489 corrente russa Corrente russa de tonificação   como é feita e para que serve

A corrente russa de tonificação é usada principalmente por quem não tem tempo ou disposição para frequentar academia. A maioria que busca pelo tratamento é o grupo que tem preguiça de fazer os exercícios de musculação. Os músculos ganham mais firmeza, além da pele. O aparelho pode ser usado para a modelagem corporal através da tonificação dos músculos.

Se você ainda não sabia para que serve a corrente russa de tonificação, aqui estão algumas informações. A quantidade de sessões varia dependendo do tratamento e do resultado procurado. São de cinco à dez sessões em média. Apesar da procura por quem não gosta muito de musculação, os especialistas indicam o tratamento para quem já faz exercícios do tipo, pois a corrente funciona como um complemento dos resultados da academia.

O preço de cada sessão pode variar entre R$100 e R$200. Dependendo da clínica escolhida, esse preço pode ser ainda mais elevado. O tratamento é contraindicado para os seguintes casos: cardiopatias congestivas, tumores cutâneos, grandes dermatoses, fragilidade capilar, portadores de marca-passo, neoplasia, renais crônicos, patologias pulmonares como enfisema, doenças infecciosas evolutivas, reumatismos inflamatórios, insuficiência cardíaca, febre e varizes, patologias circulatórias como flebites, embolias, varizes, tromboflebites, gestantes, hiper e hipotensos descompensados, processos infecciosos e inflamatórios.