Menu

Saúde

Atualizado em 13 de agosto de 2012, às 7:18 por Isah Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripe

Descubra quais alimentos são capazes de fortalecer o sistema imunológico para prevenir ou amenizar os principais sintomas da gripe.

A gripe é uma doença viral comum que afeta a saúde das pessoas, atacando principalmente o sistema respiratório. Normalmente quem está gripado desenvolve sintomas típicos, como febre alta, tosse seca, dor de garganta e dor muscular. Estas reações da gripe podem ser controladas através de medicamentos indicados por um médico.

Saiba mais: 10 dicas para se proteger da gripe

500159 Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripe 2 Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripeOs sintomas da gripe podem ser amenizados com uma alimentação adequada. (Foto:Divulgação)

Alimentação certa para combater a gripe

Embora a gripe seja um mal que afeta crianças, jovens e adultos, alguns cuidados podem tornar o organismo mais resistente ao vírus causador da doença. Os segredos para prevenir ou acabar de vez com a gripe estão relacionados, principalmente, a nutrição do indivíduo.

Segredos contra a gripe

Uma dieta variada e saudável fortalece o sistema imunológico do corpo e impede que o indivíduo fique gripado com tanta facilidade. Veja a seguir os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripe:

500159 Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripe Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripeA laranja é rica em vitamina C. (Foto:Divulgação)

1. Consuma alimentos com vitaminas
A vitamina C, encontrada em frutas como laranja, limão, acerola, kiwi e morango, é considerada uma das principais substâncias antigripe, além do que ela atua na produção de glóbulos brancos no organismo.

2. Inclua proteínas na dieta
Estes nutrientes ajudam o organismo a produzir anticorpos e estão presentes em alimentos de origem animal, como é o caso das carnes magras e do leite. Alguns grãos também são ricos em proteínas, como por exemplo, a soja.

3. Acrescente alho e cebola às refeições
O alho é um poderoso antioxidante, sendo assim capaz de destruir alguns vírus da gripe. A cebola também possui substâncias que ajudam a melhorar o desempenho do sistema imune.

4. Mostarda e pimenta contra a gripe
Estes condimentos ajudam a aliviar sintomas da gripe, afinal, possuem propriedades que dissolvem as secreções e com isso descongestionam as vias áreas.

5. Tome canja de galinha
Este prato ajuda a aliviar as dores de garganta e também combina uma diversidade de nutrientes que fortalecem os mecanismos de defesa do corpo.

6. Sal, com moderação, faz bem
O sal, usado para deixar a comida mais saborosa, evita uma possível desidratação causada por causa da febre.

7. Mel contra a tosse
Com a garganta irritada, as tosses se tornam frequentes. Para aliviar este sintoma, experimente tomar 1 ou 2 colheres de mel antes de dormir.

8. Beba muita água
Para que os sintomas da gripe não se agravem, o corpo precisa estar bem hidratado, por isso é importante consumir pelo menos dois litros de água por dia.

500159 Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripe 1 Conheça os segredos dos nutricionistas para acabar com a gripeChás são poderosos para aliviar sintomas da gripe. (Foto:Divulgação)

9. Aproveite os poderes das ervas e plantas
Ingredientes como salsa, malva, eucalipto, gengibre e guaco são perfeitos para preparar chás contra a gripe. As infusões aliviam os principais sintomas da doença, como nariz entupido, inflamação de garganta e tosse.

10. Consuma pólen de abelha
O pólen de abelha apresenta mais proteínas do que a carne vermelha, além de muitas vitaminas e minerais. Por causa de sua riqueza de nutrientes, ele deve ser consumido para aliviar os sintomas da gripe (recomenda-se duas colheres de chá por dia).

Veja também: Alimentos que combatem a gripe

Conteúdo avaliado com média:
A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.