Menu

Saúde

Atualizado em 7 de junho de 2013, às 9:40 por Analu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Como tornar o sexo oral seguro

O sexo oral pode ser muito prazeroso, porém deve ser feito com segurança. Veja como tornar o sexo oral seguro.

O sexo oral é uma prática que envolve muitos mitos e verdades . Para uns é um dos primeiros passos para a vida sexual, até mesmo antes do sexo com penetração. Para outros, é apenas sinônimo de preliminares. Seja como for, ele pode ser um momento de grande prazer para o casal. Saiba mais sobre o assunto e veja como tornar o sexo oral seguro.

629681 As DSTs podem ser transmitidas para a boca. Foto divulgação Como tornar o sexo oral seguro As DSTs podem ser transmitidas para a boca. (Foto: divulgação)

Sexo oral

Tem sido muito difícil definir qual a influência do sexo oral na transmissão do HIV, já que poucas pessoas praticam somente o sexo oral. A maioria faz também sexo anal e vaginal, que são formas de infecção quando há relação sexual sem proteção.

Mesmo diante de vários casos nos quais a transmissão do vírus da Aids tenha sido aparentemente por via oral, sempre houve uma tendência de priorizar, em campanhas e materiais de prevenção, outras situações de maior risco. Essa informação tem deixado as pessoas mais confusas sobre a necessidade e opções do risco de sexo oral.

A probabilidade de transmissão do HIV depende do contato envolvido. O vírus em geral é transmitido através de penetração vaginal ou anal, por meio de agulhas infectadas, de mãe para filho na gestação ou através da transfusão de sangue não testado.

O sexo oral sempre foi considerado de menor risco, mas nunca sem chances de contaminação por outras doenças sexualmente transmissíveis, como herpes, sífilis, gonorreia.

 Como tornar o sexo oral seguro O sexo oral deve ser feito com segurança. (Foto: divulgação)

Como tornar o sexo oral seguro

1. Existem várias maneiras de reduzir os riscos de infecção pelo sexo oral. Depende da opção de cada um, de aceitar e decidir sobre o que é um pouco arriscado. O ideal é que antes de optar por uma conduta, fazendo uma consulta médica ou aconselhamento dos profissionais de saúde;

2. Você pode analisar os riscos do sexo oral e ver se são baixos o suficiente para não mudar seu comportamento habitual;

3. A abstinência de sexo oral pode favorecer para evitar o risco de transmissão do HIV, por menor que ele seja;

4. Você pode optar por diminuir o número de parceiros com os quais vai fazer sexo oral;

5. Praticar o sexo oral com proteção é muito importante. O uso de camisinha  ou outros tipos de proteção bucal são ótimas opções para se proteger;

6. Não é preciso necessariamente que os dois pratiquem o sexo oral, você pode optar por não fazer;

7. Outra opção é não gozar na boca do seu parceiro ou não deixar que ele goze na sua;

8. Durante o período menstrual deve-se evitar o sexo oral, já que o risco de contaminação é maior.

629681 O uso de preservativo pode ajudar a tornar o sexo oral seguro. Foto divulgação Como tornar o sexo oral seguro O uso de preservativo pode ajudar a tornar o sexo oral seguro. (Foto: divulgação)

O sexo oral pode ser muito prazeroso para muitos casais. Porém, ele deve ser feito com segurança, já que pode comprometer a saúde dos indivíduos. O ideal é usar métodos de proteção de barreira durante o sexo oral para prevenir doenças sexualmente transmissíveis.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.