Menu

Saúde

Atualizado em 9 de setembro de 2013, às 16:00
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Como funciona a medula óssea: entenda

O transplante de medula óssea pode salvar a vida dos portadores de leucemia. Saiba como funciona essa doação.

A medula óssea é uma estrutura que fica dentro dos ossos do corpo, sendo responsável pela produção das células sanguíneas e também das defesas. Essa estrutura pode ser transplantada e usada em vários tratamentos. Saiba mais sobre o assunto e entenda como funciona o transplante de medula óssea.

653934 O transplante de medula óssea pode salvar muitas vidas. Foto divulgação Como funciona a medula óssea: entenda O transplante de medula óssea pode salvar muitas vidas. (Foto: divulgação)

Transplante de medula óssea

A medula óssea é um líquido responsável pela produção das plaquetas, leucócitos e hemácias presentes no sangue. O transplante desse tecido é feito em alguns tipos de leucemia. Essa doença tem evolução rápida, fazendo com que a medula produza células sanguíneas anormais.

O transplante consiste na substituição da medula doente por uma saudável advinda de um doador, o método usado é semelhante a transfusão de sangue. Após esse transplante, a expectativa é que o corpo passe a produzir células normais novamente.

Para ser submetido a esse procedimento, o indivíduo é internado e passa um tratamento com quimioterapia para destruir o tecido velho. Depois é feito o transplante com a medula saudável. De acordo com especialistas, os casos de rejeição são muito raros.

653934 Seja você também um doador de medula óssea. Foto divulgação Como funciona a medula óssea: entenda Seja você também um doador de medula óssea. (Foto: divulgação)

Como ser um doador de medula óssea

As chances de um paciente encontrar uma medula óssea compatível é de uma em 100 mil, já que é necessário ter compatibilidade genética com o doador. Por esse motivo a procura pelo doador começa dentro da família. Porém, as chances de encontrar um doador entre irmãos é de 25%.

Para fazer parte do banco de dados para doação de medula, é preciso procurar um hemocentro habilitado e preencher uma ficha com dados pessoais. Será coletada uma pequena amostra de sangue do doador para realização do exame de histocompatibilidade, para identificar as características genéticas que influenciam no transplante.

Existem três maneiras de realizar a coleta de medula do doador. No primeiro caso, é feita a retirada de 15% do tecido do doador com agulha. A segunda, é fazer um procedimento chamado aférese, onde o individuo recebe uma medicação que permite a retirada das células-tronco por meio das veias do braço. A terceira opção é a retirada de sangue do cordão umbilical, rico em células-tronco. Os doadores devem ter entre 18 e 55 anos. No Brasil, acontecem cerca de 130 transplantes de medula óssea entre não aparentados.

653934 O transplante de medula óssea é usado no tratamento da leucemia. Foto divulgação Como funciona a medula óssea: entenda O transplante de medula óssea é usado no tratamento da leucemia. (Foto: divulgação)

A medula óssea é muito usada no tratamento de doenças, como a leucemia. O transplante pode salvar a vida do paciente quando existe compatibilidade genética com o doador. A doação de medula óssea é feita de maneira segura e por profissional capacitado para realizar esse procedimento.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.