Menu

Saúde

Atualizado em 16 de março de 2011, às 3:41
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Como Escovar a Língua Corretamente

Escova de Lingua 300x225 Como Escovar a Língua Corretamente

Ela é fonte de muitas bactérias e por isso deve ser higienizada com o máximo de cuidado e atenção. A língua é responsável pela fala, pela boa mastigação dos alimentos e também pela saúde da boca como um todo. Saúde que envolve também o hálito. Afinal, você sabia que uma língua mal escovada traz mau hálito?

E aqui vamos dar dicas de como escovar a língua corretamente. Serão passos para que sua língua seja fonte de saúde e não de problemas para a saúde dos seus dentes e da sua vivência em sociedade. Por que se tem algo que ninguém suporta é ficar próximo de quem emite mau cheiro ao falar.

Escovar bem a língua não é nenhuma arte cheia de dificuldades, pelo contrário, é algo muito simples. Basta passar um pouco de pasta na língua, e passar de modo bem suave em cada parte e sempre cuspindo a sujeira que veio na escovação. E se possível passar mais uma vez a escova com pasta sobre a língua para retirar os resíduos.

Também chamada de saburra lingual, a sujeira da língua é responsável pelas cáries causadas nos dentes. É que nela estão os agentes que fermentam os alimentos e podem causar danos ao esmalte dos dentes como doces. Tenha cuidado com seu sorriso e com sua saúde, isso é muito importante para a sua qualidade de vida.

As técnicas para escovar a língua não ficam por aqui. Há uma escova específica chamada de Tongue Sweeper. Ela deve ser passada do fundo para a frente da língua para que seja removida toda a sujeira. Assim, sua língua não será agredida nem tão pouco será deixado algum tipo de resíduo. Lembre que é importante e muito limpar a parte posterior da língua onde fica o odor e também onde as bactérias encontram ambiente para se desenvolver.

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.