Menu

Saúde

Atualizado em 11 de março de 2011, às 1:30
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Como Curar Dor de Dente Rápido?

Dor de Dente 300x300 Como Curar Dor de Dente Rápido?

E lá está você, amigo ou amiga, em meio a uma reunião de negócios ou mesmo num encontro com aquela gata (ou aquele gato). O ambiente é ideal, a comida está ótima e tudo parece fluir para um bom desfecho… ou quase tudo, por que seu dente não para de doer… o que fazer?

Antes de qualquer coisa, é bom lembrar que a dor de dente (não confundir com ferimentos na gengiva, causado por lesões, normalmente, de alimentos e pequenos ferimentos) é causada, na maioria das vezes, pela inflamação do tecido macio dentro do dente, a polpa. O tecido inflamado tende a se expandir com o acumulo de líquido, mas, devido a estrutura rígida do dente, não consegue.

O resultado final é aquele infernal latejar que nos faz ir á lua e voltar a cada vez que sentimos o pulsar do dente afetado. É preciso, também, ter em mente que um acompanhamento regular de um dentista pode prevenir a maioria dos problemas que poderiam vir a causar dor de dente. Inflamações podem ser evitadas simplesmente com acompanhamento regular, como em outros ramos da área de saúde. Uma rotina de consultas regulares (como os check-ups médicos comuns, de meses em meses) tende a ser o suficiente para evitar uma noite horrível, sentindo o seu dente gritar a cada batimento cardíaco.

Não fez acompanhamento de rotina? Bom… pode-se pensar que a melhor opção seria utilizar um anti-inflamatório e pronto… o problema está no fato de que a maioria dos remédios que poderia-se utilizar não tem a  penetração necessária para agir de maneira mais eficaz. Além disso, seria auto-medicação, o que pode ser tão ruim ou mesmo pior que a dor de dente original (já imaginou um choque anafilático? Não é o que se pode chamar de bom desfecho de encontro, certo? O que fazer então?

Tenha em mente que a melhor solução é, por mais estressante que possa ser, buscar um dentista o mais breve possível. Por mais que exista a chance de o causador da dor simplesmente se curar de maneira natural (por nosso próprio sistema imunológico em ação), o mais provável é que piore e cause ainda mais danos do que antes. Procure um odontólogo o mais breve possível, de maneira a iniciar o tratamento rápido contra a dor de dente e sanar o seu problema sem maiores sequelas.

“Ah… mas é sábado de um feriado prolongado e não tenho nenhum dentista disponível”. Nesse caso, meus amigos, o melhor é apelar para um analgésico conhecido e utilizado normalmente, ou mesmo algumas soluções caseiras, como casca de juazeiro. Combata a dor, mas tendo em mente que deverá procurar um dentista, por mais que o efeito seja muito bom (em alguns casos, a simples utilização de analgésicos é suficiente para inibir toda a dor por algum tempo… mas não quer dizer que o problema sumiu), é preciso ainda a avaliação de um especialista na área.

Lembre-se, novamente, que automedicação deve ser evitada sempre até mesmo forma de passar a dor de dente… os riscos podem acabar superando os ganhos…Não tem nada disso em mãos e está no meio do jantar com um diretores da empresa, discutindo os rumos de sua carreira, mas a dor de dente está te deixando louco a ponto e estragar o seu humor a ponto de comprometer a reunião? Bem… nesse caso existem apenas três opções:

1.    Gelo – alivia a dor, ao menos um pouco… o problema é que ficar chupando gelo poderá ser considerado coisa de maluco, a menos que tenha contado o motivo;
2.    Resistência espartana – resista ao máximo que puder, com um sorriso estoico no rosto. A primeira oportunidade, vasculhe o local em busca de um analgésico;
3.    Saída diversionista – Nesse caso, é um, plano bem, simples de fuga, que envolve dois helicópteros, uma banda de escoteiros, dois guaxinins canhotos e uma freirinha com problemas de surdez…

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.