Você está em: MundoDasTribos > Tecnologia > Clickjacking: o que é

Clickjacking: o que é

Por Andre

Notou algo estranho em seu perfil, na última vez em que fez login na sua conta no Facebook? A sua página na rede social está cheia de publicações com conteúdo inadequado e spam, que não foram feitas por você?

O clickjacking consiste em uma armadilha usada por cibercriminosos, que tem afetado muitos usuários do Facebook (Foto: Divulgação)

Caso tenha passado por algo semelhante recentemente, a sua conta pode estar infectada pelo clickjacking, um tipo de malware que se esconde debaixo de determinados botões de sites legítimos, levando o internauta a sites falsos e cheios de códigos maliciosos, que contaminam o PC.

Como age o clickjacking

Exemplo de postagem falsa, que pode ser usada na disseminação do clickjacking (Foto: Divulgação)

O funcionamento dessa praga virtual é relativamente simples. Os cibercriminosos escondem códigos maliciosos em um determinado botão de um site e assim que o internauta clica nele, cai na armadilha, sendo levado a uma nova página, que na verdade é falsa, onde poderá acabar instalando algum malware em seu computador, sem saber.

No caso do clickjacking no Facebook, relatos dão conta de que ele afeta a sua conta a partir do momento em que um contato contaminado compartilha falsos conteúdos, que podem ser vídeos ou fotos supostamente contendo informações verdadeiras, envolvendo pessoas famosas, grandes empresas e celebridades, e você clica neles.

A partir daí, o seu perfil é contaminado instantaneamente e passa a fazer o mesmo automaticamente, publicando tais conteúdos suspeitos sem a sua interferência, para que outros usuários do Facebook caiam na cilada.

Como saber se meu perfil no Facebook foi infectado pelo clickjacking

Se você está se perguntado como saber se o perfil foi vítima do clickjacking, basta fazer um simples exercício. Acesse o site do Facebook, faça login em sua conta e verifique todos os conteúdos que foram postados em seu nome.

Caso haja postagens estranhas, principalmente de supostos vídeos e arquivos de fotos, que você nunca tenha publicado, são grandes as chances de que a praga virtual esteja presente. Mas não se desespere, pois existe a possibilidade de eliminá-la.

Excluindo conteúdos indesejados e apagando ações feitas por invasores

Ao identificar conteúdos supostamente postados por você, remova-os imediatamente (Foto: Divulgação)

Se o seu perfil foi realmente afetado pelo clickjacking, a primeira coisa a se fazer é excluir os conteúdos postados por esse vírus do Facebook sem a sua autorização, para que a praga virtual não contamine outros contatos da sua lista.

Para tanto, vá à sua timeline, passe o mouse sobre a publicação suspeita e clique no botão que aparecerá no canto direito superior da postagem. Em seguida, escolha a opção “Excluir” e confirme a ação. Faça isso com todos os posts suspeitos em seu nome.

Verificando o registro de atividades (Foto: Divulgação)

Posteriormente, clique no menu “Registro de atividades”, localizado no canto direito superior da página, e verifique se há ali alguma atividade que realmente não foi feita por você, como postagens de links, curtidas em publicações, comentários, etc. Essa ferramenta guarda tudo o que é feito em seu perfil.

Caso encontre algo suspeito, clique no botão semelhante a um lápis, que fica à direita do item, e selecione “Desfazer” ou “Excluir”, conforme o tipo de ação à qual o item se refere.

Não se esqueça de conferir também, na lista de aplicativos do Facebook, se há algum app desconhecido e que você não se lembre de tê-lo autorizado. Encontrando alguma coisa estranha, remova-a imediatamente.

Denunciando conteúdo suspeito

Ao encontrar conteúdos suspeitos no Facebook, você pode denunciá-los (Foto: Divulgação)

Quando estiver verificando as postagens de conteúdos compartilhadas pelos amigos, fique atento ao se deparar com publicações estranhas. Além de não clicar em nada, você ainda pode usar a ferramenta de denunciar conteúdo suspeito no Facebook para alertar aos outros usuários.

É só clicar na seta localizada no canto superior direito da postagem e escolher a opção “Não quero ver isto”, no menu suspenso que será aberto. Depois, marque a opção “É spam” e, em seguida, selecione “Apenas uma publicação de spam”. Logo após, ainda há a chance de alertar ao amigo que fez aquela publicação, clicando em “Enviar mensagem a …”.

Feito isso, aquele conteúdo será enviado para análise pelo Facebook.

Recomendado para você
Tecnologia

Entrar no Hotmail: www.hotmail.com.br

Tecnologia

Instagram Direct: como usar, saiba mais

Tecnologia

Itelefônica Webmail

Tecnologia

Satélite com imagens online do Google maps ao vivo

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *