Menu

Cirurgia Plástica

Atualizado em 13 de setembro de 2014, às 20:02 por Redacao
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Cirurgia Plástica para Estrias

Dependendo da região do corpo em que a estria aparecer, é possível tratá-la com cirurgia plástica.

A cirurgia plástica para estrias é uma das várias maneiras que existem para combater esse problema na pele, que incomoda não só as mulheres, mas também os homens, prejudicando principalmente a parte estética.

112615 cirurgia plastica para estrias 600x600 Cirurgia Plástica para Estrias Cirurgia plástica para estrias (Foto: Divulgação)

As estrias são, na verdade, cicatrizes que surgem abaixo da pele (epiderme). Elas surgem a partir do momento em que a pele é esticada demasiadamente, sofrendo rupturas em sua estrutura, que geram pequenos traumas.

São várias as causas das estrias, como o efeito sanfona (perda ou ganho de peso de maneira rápida ou repetida), má alimentação, excesso de exercícios físicos, ressecamento da pele, crescimento rápido e fatores hormonais, entre outros. A gravidez também contribui para o surgimento das estrias.

Receita caseira para acabar com as estrias

Erros ao tratar estrias

Cirurgia plástica para estrias

112615 cirurgia plastica para estrias 1 600x600 Cirurgia Plástica para Estrias Dependendo da região em que a estria aparecer, é possível fazer cirurgia para removê-la (Foto: Divulgação)

Há vários tratamentos para estria, que são escolhidos de acordo com cada caso, dependendo da região do corpo em que o problema aparecer. Um deles é a cirurgia plástica, que pode trazer excelentes resultados.

A cirurgia plástica para remoção de estrias geralmente é utilizada nos casos em que o problema surge em regiões como abdômen e mamas, por exemplo. Os procedimentos acabam retirando o excesso de pele e, com ele, as estrias que surgiram na região.

Entre as cirurgias para estrias, há a abdominoplastia, que retira o excesso de pele, flacidez e gordura, na região abaixo do umbigo, melhorando consideravelmente o aspecto dessa parte do corpo.

Já para as estrias na mama, dá para fazer a redução da mama ou a mastopexia (cirurgia de correção dos seios caídos), que também retiram o excesso de pele e flacidez, juntamente com as estrias.

Outros tratamentos para estrias

112615 cirurgia plastica para estrias 2 600x600 Cirurgia Plástica para Estrias Para estrias na região do umbigo, por exemplo, a abdominoplastia é indicada (Foto: Divulgação)

Além da cirurgia plástica para estrias, que é utilizada quando elas aparecem nas regiões do corpo citadas acima, existem diversos outros tipos de tratamentos para estria, quando o problema surge em outras partes.

Entre eles há o laser fracionado, para estrias brancas, largas e profundas; a radiofrequência, o laser fracionado, o peeling de cobre e a carboxiterapia, para estrias brancas, superficiais e estreitas; e o infravermelho e o peeling de cristal, para as estrias vermelhas e arroxeadas.

Nessas opções, é possível melhorar em até 80% o aspecto das estrias, dependendo do procedimento escolhido.