Bem Estar

Cirrose: entenda os riscos e o tratamento

Desânimo é um dos sintomas da cirrose hepática

O que é cirrose?

A cirrose é resultado de um processo inflamatório do fígado que ocasiona um processo difuso de fibrose e formação de nódulos, e às vezes, provoca necrose das células do fígado. Esse processo pode ser consequência de diversas causas, entre elas, a mais comum, é o uso abuso de álcool.

Quais as causas?

  • Hepatite autoimune;
  • Lesão hepática induzida por droga;
  • Uso abusivo de álcool;
  • Todos os tipos de hepatite viral;
  • Algumas doenças metabólicas, como a doença de Wilson;
  • Alguns distúrbios vasculares;

Quais os sinais e sintomas?

  • Fraqueza;
  • Distúrbio de coagulação;
  • Falta de apetite;
  • Emagrecimento pela falta de absorção de nutrientes, assim como a diminuição da reserva de vitaminas;
  • Feminilização, no caso dos homens- crescimento das mamas, atrofia testicular e eritema palmar;
  • Nas mulheres – irregularidade menstrual;
  • Hipertensão portal – retenção de sódio e água (ascite e inchaço dos membros), diminuição das plaquetas (responsáveis pela coagulação do sangue), presença de hemorróida e varizes esofágicas;
  • Alterações neurológicas – alucinação, perturbação visual;
  • Olhos amarelados;
  • Urina escura;
  • Perda de cabelo
Perda de cabelo é um dos sinais de cirrose hepática

Quais os fatores de risco?

  • Sexo
    • os homens são mais comumente afetados após os 55 anos, sendo que as doenças que mais desenvolvem cirrose são as neoplasias hepatobiliares;
    • as mulheres são mais comumente afetadas após os 40 anos, devido a alguma hepatite autoimune.
  • História familiar
    • Indivíduos que apresentam história familiar positiva para alguma doença do fígado e que desenvolveram cirrose, possuem maior chance em desenvolver algum tipo das citadas anteriormente.
  • Etilismo
    • O uso de álcool é o principal fator de risco para desenvolver cirrose. Sua prevalência aumenta conforme os anos de vício, assim como a quantidade ingerida diariamente.
  • Antecedentes pessoais
    • História de contato com o vírus da hepatite; qualquer um deles;
    • Uso de drogas ilícitas, principalmente as endovenosas;
    • Transfusões sanguíneas;
    • Algumas medicações;
    • Cirurgia hepatocelular.

Como é realizado o tratamento?

Infelizmente, a cirrose é um processo patológico irreversível, podendo em alguns casos ser fatal.  A primeira atitude a se tomar, é eliminar o agente agressor, ou seja, no caso do abuso do álcool, retirar por completo a bebida. Para o  portador de algum vírus da hepatite, realizar o tratamento o quanto antes. Depois disso, deve-se avaliar o grau de acometimento e, em alguns casos, apenas o transplante de fígado é a solução para a cura da doença.

 Como prevenir?

  • Evite o uso excessivo de álcool;
  • Faça uso de preservativos em todas as relações sexuais;
  • Caso seja portador de algum vírus da hepatite, procure atendimento médico imediatamente e inicie o tratamento adequado;
  • Mantenha em dia seu calendário vacinal.
O abuso de álcool é uma das causas de cirrose hepática
Recomendado para você
Bem Estar

Tendências de tatuagens masculinas para 2017 (mais de 100 fotos incríveis)

Bem Estar

Cuidados necessários com as orelhas furadas

Bem Estar

Espelhos Para Salão De Beleza Preços, Onde Comprar

Bem Estar

Botas femininas inverno 2017

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *