Menu

Saúde

Atualizado em 12 de agosto de 2012, às 7:01 por Isabella Moretti
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Cerca de 10% das mulheres brasileiras sofrem de endometriose

Endometriose afeta 10% da população feminina no Brasil. Cerca de seis milhões de brasileiras possuem a doença e não sabem disso.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Endometriose (SBE), cerca de 10% das mulheres brasileiras sofrem de endometriose. Para obter este índice, o estudo avaliou dados de 5 mil mulheres de todas as regiões do país.

500504 Cerca de 10 das mulheres brasileiras sofrem de endometriose 1 Cerca de 10% das mulheres brasileiras sofrem de endometrioseEstima-se que seis milhões de brasileiras sofram com endometriose sem saber. (Foto:Divulgação)

Dados da endometriose no Brasil

Das mulheres entrevistadas, 63% delas afirmaram não conhecer alguém com a doença, mesmo se tratando de um problema de saúde feminina bastante comum. É provável que parte deste desconhecimento se deva ao diagnóstico tardio. Segundo estudos realizados pela USP e pela Unicamp, a mulher leva em média sete anos para descobrir que sofre com endometriose.

O levantamento realizado pela SBE descobriu que 88% das mulheres não sabem como tratar a endometriose, enquanto 55% desconhecem o significado desta doença, que possui uma incidência consideravelmente alta no Brasil. Estima-se que seis milhões de brasileiras sofram com endometriose sem saber.

Os dados revelam que, de 5 mulheres com infertilidade, 2 têm endometriose. Em outros números, estima-se que até 40% da população feminina infértil sofre com o problema. As mulheres diagnosticadas com a enfermidade podem ainda ter os outros órgãos do corpo prejudicados, como bexiga e intestino. Também existe uma chance mínima (1%) de a endometriose desencadear algum tipo de câncer.

Veja também: Endometriose, o que é, sintomas, como Tratar

Saiba mais sobre a endometriose

500504 Cerca de 10 das mulheres brasileiras sofrem de endometriose 2 Cerca de 10% das mulheres brasileiras sofrem de endometrioseA doença é caracteriza pelas cólicas fortes e fluxos menstruais intensos. (Foto:Divulgação)

A endometriose é uma doença que se desenvolve quando há um acúmulo de endométrio (tecido que reveste o interior do útero) na cavidade abdominal, no ovário e nas trompas. Esta condição agride o organismo feminino com sintomas, como menstruações dolorosas, cólicas fortes, dores durante a relação sexual e ao evacuar.

A doença, considerada um dos principais motivos da infertilidade em mulheres, é causada quando as células endometriais crescem fora do útero. Embora os cientistas saibam como a endometriose se manifesta no corpo da mulher, a causa é desconhecida.

Normalmente a endometriose é diagnosticada em mulheres com idade entre 25 e 35 anos. Também existe a possibilidade desta doença ser passada de uma geração para a outra. As mulheres que começam a menstruar muito cedo, que nunca tiveram filhos e que possuem ciclos menstruais frequentes contam com uma probabilidade maior para desenvolver a endometriose.

500504 Cerca de 10 das mulheres brasileiras sofrem de endometriose Cerca de 10% das mulheres brasileiras sofrem de endometrioseA endometriose não tem cura, mas pode ser tratada. (Foto:Divulgação)

O diagnóstico da endometriose é realizado através de exames específicos, como Ultrassom transvaginal e Laparoscopia pélvica. Embora não tenha cura, o tratamento consiste na ingestão de remédios para controlar os sintomas, como é o caso das dores intensas. Em alguns casos, é necessária a realização de cirurgia para retirar as áreas de endométrios.

Saiba mais: Tratamentos Indicados contra Endometriose

A categoria Saúde do portal Mundodastribos.com é um espaço informativo de divulgação e educação sobre os temas relacionados à saúde, nutrição e bem-estar, não devendo ser utilizado como substituto ao diagnóstico médico ou tratamento, sem antes consultar um profissional de saúde.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL

Ao subscrever nossa newsletter, passar receber nossos artigos por email e informações sobre os nossos passatempos. É gratuito e sem spam.