Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Caminhada pode colaborar para evitar diabetes tipo 2

Caminhada pode colaborar para evitar diabetes tipo 2

Por Isah

Os exercícios físicos contribuem com a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida. Eles são capazes de combater os males do sedentarismo e atuam na prevenção de várias doenças, como problemas vasculares, obesidade, hipertensão arterial, artrose e depressão. Quem deseja desfrutar dos benefícios dos exercícios não precisa contar necessariamente com um programa de atividades montado por um personal trainer. Na verdade, uma simples Caminhada pode colaborar para evitar diabetes tipo 2 e melhora a disposição para o dia a dia.

Fazer caminhadas regularmente reduz os riscos de se tornar diabético.

Saiba mais: Tratamento para diabetes tipo 2

Caminhada pode colaborar para evitar diabetes tipo 2

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Washington, nos Estados Unidos, revelou que a prática de exercícios físicos, mesmo quando leve, ajuda a evitar diversas patologias. Os resultados do estudo norte-americano foram publicados no periódico Diabetes Care.

Os autores do trabalho afirmam que as pessoas que não fazem exercícios possuem mais chances de desenvolver diabete tipo 2, porém, o risco pode ser menor com apenas uma caminhada por dia. A pesquisa foi elaborada e aplicada em diversos voluntários.

Outras pesquisas já foram responsáveis por fazer associações entre a caminhada e a prevenção de diabetes, mas não se sabe ao certo quanto tempo uma pessoa precisa andar por dia para desfrutar dos benefícios. Alguns pesquisadores estimam que o ideal é dar pelo menos 10.000 passos ao dia.

Quem anda mais ao longo do dia tem 30% menos chances de sofrer com diabetes.

Contando os passos

Para chegar aos resultados, os estudiosos norte-americanos avaliaram 1.826 pessoas sem diabetes ou doença cardiovascular. Os participantes tiveram que usar pedômetro, durante uma semana, sendo que o aparelho é responsável por contar os passos que uma pessoa dá por dia. Segundo as análises, um quarto dos participantes realizou poucos exercícios, ou seja, davam aproximadamente 3.500 passos por dia. Metade das pessoas avaliadas andou menos de 7.800 passos diariamente.

O estudo desenvolvido pela Universidade de Washington durou cinco anos e, ao longo deste período, 243 participantes desenvolveram diabetes tipo 2.Para chegar as conclusões, os pesquisadores também avaliaram outros fatores que contribuem com a condição de diabético, como o histórico da doença na família, tabagismo e idade.

Quem anda mais ao longo do dia tem 30% menos chances de sofrer com diabetes.

Evitando a diabete com hábitos saudáveis

Por fim, a pesquisa descobriu que caminhar mais no dia reduz em média 30% do risco de sofrer com diabete tipo 2. Desta forma, os participantes que andaram mais estavam menos propensos para desenvolver a doença, em comparação àqueles que caminhavam menos de 3.500 passos por dia.

Veja também: Caminhada – indicações, benefício, dica

Recomendado para você
Bem Estar

Tapetes para Sala

Beleza

www.torratorra.com.br, Site Torra Torra Roupas

Bem Estar

Sobrecarga na instalação elétrica: como evitar

Bem Estar

Como montar cestas de café da manhã passo a passo

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *