Menu
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Cadastro de Pessoa Física CPF

Por Isah -

Cadastro de Pessoa Física CPF

Saiba como funciona o CPF, como realizar o cadastro e sua importância no cotidiano

 

O Cadastro de Pessoas Físicas CPF, também conhecido como CPF, é muito importante, por que é ele que consta as informações de pagamentos de impostos para a Receita Federal.

Mesmo não sendo um documento obrigatório, somente com ele é permitida abertura de conta em bancos (para fazer transações ou empréstimos) ou adquirir bens (como imóveis ou automóveis). É muito importante obter o documento e também é um direito de qualquer brasileiro.

 

Como adquirir um CPF?

Qualquer cidadão brasileiro ou estrangeiro possui o direito do Cadastro de Pessoa Física. Para quem mora no exterior, basta ir em uma Repartição Diplomática Brasileira e pedir a criação de um CPF.

Já no Brasil, o processo é mais simples, pois o processo pode ser feito pelo próprio site da Receita Federal, porém neste método é necessário o título de eleitor. Para conseguir se inscrever pelo site, basta Clicar Aqui.

Outro método para fazer no Brasil é indo pessoalmente em uma agência dos Correios, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil ou em uma das unidades da Receita Federal e pedindo para adquirir o CPF. Basta levar o Registro Geral (RG) e o comprovante de endereço.

É muito simples e rápido fazer o cadastro de pessoa física para adquirir o CPF.

Como realizar uma consulta

No próprio site da Receita Federal, é possível verificar a situação cadastral do CPF indicando se ele está em regular ou precisa não. Mas vale avisa que o site não informa nenhuma informação pessoal da pessoa, apenas a situação do cadastro.

Para saber a verificação do cadastro Clique Aqui, nele basta entrar com o número do CPF, data de nascimento e com o código de segurança exigido logo em seguida.

As situações do cadastro podem ser:

  • Regular: quando não há pendências no cadastro.
  • Pendente de Regularização: quando deixou de entregar a declaração do Imposto Renda nos últimos cinco anos.
  • Suspensa: quando o cadastro está incorreto ou incompleto.
  • Cancelada: quando o CPF foi cancelado, por alguma decisão administrativa, judicial ou por falecimento.
  • Nula: quando foi constada alguma fraude ou duplicação na inscrição do CPF.

É importante também que a situação cadastral do CPF é diferente da situação fiscal, isso significa que pode ter o cadastro regular do Cadastro de Pessoas Físicas, mas alguma dívida com a Receita Federal.

 

O que fazer quando perder o CPF?

Se tiver o CPF perdido ou roubado, assim como qualquer outro documento, é importante abrir um B.O. (Boletim de Ocorrência), informando sobre a perda ou roubo do documento.

Também, devemos lembrar que a Receita Federal, diz para não cancelar o CPF, pois o mesmo só pode ser cancelado quando há falecimento, clonagem ou fraude da inscrição.

A 2ª via do documento, pode ser feita no site a seguir clicando aqui, ou em alguma agência dos Correios ou da própria Receita, para fazer a 2ª via e receber informações. Só não esqueça de levar um documento com foto e se possível um boletim de ocorrência informando-os da perda ou do roubo.

Bancos CPF

O Cadastro de Pessoa Física é de extrema importância para abertura de contas em banco, para realização de empréstimos, compra e venda de imóveis e outros bens.

É através do CPF que é possível determinar se o nome está “sujo” ou não, pois com problemas no banco se torna muito mais difícil conseguir algum empréstimo com o banco.

Para “limpar” o nome basta renegociar no banco ou se preciso na justiça a dívida, e em até 7 dias é possível estar com o nome limpo novamente.


RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL