Tecnologia

Brasil registrou venda de 5 milhões de notebooks em 2011

Por Isah
5 milhões de notebooks foram vendidos em 2011.

A venda de notebooks aumentou significativamente no Brasil, de acordo com os dados do ano anterior. O número de computadores portáteis comercializados superou o tradicional desktop e comprovou que o brasileiro agora tem uma nova paixão. Segundo a pesquisa, foram cerca de 5 milhões de notebooks vendidos em 2011.

As pesquisas realizadas pela consultoria GfK Consumer Choices revelaram que o aumento nas vendas de laptops com relação a 2010 foi de 60%. O aquecimento do mercado de computadores portáteis aconteceu por causa da queda nos preços, que tornou o aparelho mais acessível ao orçamento do consumidor brasileiro.

Os notebooks estão 20% mais baratos do que em 2010, o que facilita as compras. As lojas ainda criam facilidades no pagamento do produto, parcelando em várias vezes sem juros no cartão. Os supermercados e lojas de departamento aparecem na pesquisa como as empresas que mais lucram com a venda de notebooks, possuindo uma fatia de 35% de todos os equipamentos vendidos no Brasil.

O notebook superou o Desktop.

Além de mais em conta financeiramente, o computador portátil também apresenta variedade no mercado. Há 2.200 modelos diferentes no país, fabricados por 55 marcas. Mesmo com as versões mais sofisticadas disponíveis para comercialização por valores acessíveis, o sucesso das vendas fica por conta dos aparelhos populares, que custam menos de R$1 mil.

Com relação à diversidade de notebook, o Brasil ainda fica atrás da Rússia e da Alemanha, que possuem respectivamente 10 mil e 9 mil modelos. No entanto, tudo indica que as empresas que atuam em território brasileiro vão se superar ainda mais deste ano de 2012 para desenvolver novas opções ao consumidor.

Como se não bastasse o notebook, os brasileiros estão começando a se render a outros aparelhos tecnológicos, mais compactos e portáteis. Apesar de ter uma atuação tímida no mercado nacional, o tablet fica com 5% da preferência dos consumidores, atrás do netbook que possui 8%.

A pesquisa ainda revela que os Desktops (34%) e notebooks (50%) são os mais buscados pelos consumidores entre os eletrônicos e, portanto, os mais vendáveis. Outro portátil que tem apresentado relevada preferência dos consumidores é o smartphone, que pode chegar a 22% das vendas em 2012, um aumento expressivo em comparação a 2008, quando o eletrônico ocupava apenas 7% das vendas.

Há 2.200 modelos diferentes no país, fabricados por 55 marcas.

Recomendado para você

Tecnologia

Planos UOL Wi-Fi, Preços, Como Funciona

Tecnologia

Bradesco Mobile – Acesse sua conta Bradesco pelo seu celular

Comentários

Uma resposta para “Brasil registrou venda de 5 milhões de notebooks em 2011”

  1. claudiney disse:

    que belo notebooks em

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *