Menu
Você está em: MundoDasTribos > Bem Estar > Blusa segunda pele – como usar

Uma opção para deixar o visual ainda mais elegante e se manter bem quentinha é o uso da blusa segunda pele. Confira as dicas e saiba como usar essa peça.

Em dias amenos, uma excelente dica para deixar o visual ainda mais elegante e se manter bem quentinha é o uso da blusa segunda pele. Essas peças são indispensáveis em qualquer guarda-roupa feminino e, além muito práticas e belas, são extremamente funcionais, podendo ajudar as mulheres nas situações mais adversas.

As transparências podem ser muito sensuais. (Foto: divulgação)

O problema é que nem todo mundo sabe como usar essas peças da maneira correta. Para caprichar no visual, não pagar nenhum mico e ainda arrasar nos dias frios, confira as dicas de como usar a blusa segunda pele.

Conheça as blusas segunda pele de manga longa Loba.

Peça auxiliar

A primeira coisa a ter em mente quando a intenção é usar uma blusa segunda pele, é se lembrar de que esse tipo de peça foi criado para complementar o look e não para ser a peça de destaque.

Essas blusas tendem a ser transparentes e por isso o uso de sobreposições é quase sempre necessário, para não deixar o visual vulgar e nem muito exagerado. As peças favoritas para serem usadas em conjunto são as jaquetas, blusas e até sobretudo.

Roupa curinga

As blusinhas segunda pele são bastante versáteis possuem a capacidade de unir peças diferentes e harmonizar a produção. Por isso a dica é usá-la como peça curinga na criação de looks, quando aparece alguma dúvida na hora de se vestir.

Os modelos mais usados são os de cor lisa e discreta, que acabam acentuando essa característica de equilibrar o visual. Entretanto os modelos mais ousados e ricos em detalhes incríveis pode dar o toque especial que o look precisava. A dica é optar pelo básico, mas sem medo de escolher uma peça mais elaborada, caso ache necessário.

As blusas segunda pele são fundamentais em todos os guarda-roupas. (Foto: divulgação)

Dicas de uso

  • Para os dias amenos, a dica é apostar num visual básico e leve, como jeans, jaquetinha e blusa segunda pele. As peças de sobreposição mais pesadas devem ser usadas em dias realmente frios, para não deixar o visual carregado demais e inapropriado para a ocasião;
  • Para quem não costuma usar esse tipo de peça e está pensando em fazer algumas aquisições, a dica é apostar nos modelos básicos e de cor neutra, como branco, marrom, preto, bege ou cor da pele;
  • As peças mais transparentes são perfeitas para transmitir um ar de mistério e sensualidade, mas devem ser usadas com cuidado;
  • Usar modelos de cor única, combinando com a mesma cor da meia calça, é uma maneira simples de criar um look moderno e bastante descontraído;
  • Quem pretende um visual mais despojado e ao mesmo tempo cheio de requinte, a dica é usar a blusa segunda pele por baixo de outra blusa, que pode ser de alça e bem soltinha;
  • Em algumas situações é possível usar as peças sem nenhuma sobreposição por cima. Nessas situaçoes é importante ter certeza de que o corpo está em dia, pois as gordurinhas a mais podem acabar se sobressaindo e comprometendo o visual.

Confira a lista de roupas básicas que todas as mulheres devem ter.

A blusa segunda pele é uma maneira de se manter quetinha e elegante. (Foto: divulgação)

A blusa segunda pele é uma peça muito bela, podendo ser encontrada nos mais variados modelos e que ainda serve como curinga na composição dos mais diferentes visuais. É a opção perfeita para a mulher que deseja um look sofisticado nos dias amenos.

RECEBA OS ARTIGOS VIA EMAIL