Search

Bicho geográfico – o que é, como tratar

A doença do bicho geográfico é muito comum, principalmente em pessoa que frequentam praias.
Google plus

O bicho geográfico faz com que a pele pareça um mapa (Foto: Divulgação)

A doença do bicho geográfico tem esse nome porque ela forma um rastro causado por um parasita que caminha pelas camadas mais externas da pele,  parecendo um mapa. Ela é causada por vários tipos de larvas de parasitas, sendo o mais comum o Ancylostoma braziliense, que existe em grandes quantidades nas areias das praias ou em qualquer terreno que tenha condições suficientes de temperatura e umidade para elas se proliferarem.

Então, quando um humano encosta alguma parte do seu corpo sobre essas larvas, elas furam a sua pele e começam a caminhar, construindo um ‘túnel’ sob a pele, deixando um desenho curioso por onde passam. O local por onde elas entraram se torna uma erupção vermelha e as partes por onde elas caminham coçam intensamente.

Os vermes causadores do bicho geográfico também podem infectar os animais domésticos como cães e gatos. Entretanto, neles, a doença é mais grave, podendo afetar tecidos mais profundos como pulmões e o trato intestinal, levando-os à morte.

Para tratar o bicho geográfico, é preciso aplicar gelo ou cloreto de etila, conhecido como neve carbônica, no local afetado. Desse modo, as larvas são congeladas e morrem, tendo de ser retiradas pelo médico. Além disso, podem ser usados remédios comerciais produzidos com cambendazol e tiabendazol em forma de líquido, pomada ou comprimido. Eles farão com que as larvas sejam eliminadas sem sofrimentos ou dores.

Porém, mais importante que saber como tratar o bicho geográfico é ficar atento a como evitá-lo. Para tanto, na praia, não tenha contato direto com a areia, usando sempre uma canga, uma esteira, uma toalha e sandálias. Além disso, evite andar descalço em locais desconhecidos que sejam forrados por terra, principalmente se ela estiver úmida.

Para evitar o bicho geográfico, não caminhe descalço na areia da praia. (Foto: Divulgação)

A doença do bicho geográfico é muito comum, especialmente em crianças. Por isso, não deixe que elas caminhem descalças na praia ou em terrenos desconhecidos e proteja a sua pele quando forem se sentar ou deitar na areia. Assim, elas não precisarão sofrer com os medicamentos e tratamentos contra essa doença.


Google plus


Este artigo possui 1 comentário

  1. Edimilson
    Publicado em 02/02/2012 às 1:30 PM [+]

    Ha um pouco mais de um ano senti uma forte dor no pulmão esquerdo, fui ao médico e ele me solicitou varios Rai X, fui a outros medicos e nada de descobrir as dores que continuo com ele nos dois pulmões, torax e cabeça, sinto algo se mechendo dentro de mim, dores fortes nas articulações, pontadas no coração, faço exames não acusa nada, mais sinto que é uma espercie de verme que ataca minhas cirluções, cabeça e garganta, a pele fica com manchas fortes embranquecidas e já não sei nem o que fazer.Será que alguém poderia me ajudar???:

Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

Antes de enviar um comentário, verifique seu conteúdo. Comentários que violem os Termos de Uso e Condições de Navegação do Portal mundo das Tribos e as leis em vigor poderão ser removidos pelo Portal Mundo das Tribos, sem prejuízo da adoção das medidas legais cabíveis pelo Portal.

Política de privacidade
Termos de uso e condições do site


Top