Bem Estar

Benefícios do leite materno para o bebê: quais são

O leite materno é um alimento completo. Até o sexto mês de vida, o bebê não precisa de nenhum outro alimento. Depois desse período, a amamentação deve ser complementada com outros alimentos. Saiba mais sobre o assunto e confira os benefícios do leite materno para o bebê.

O leite materno oferece muitos benefícios para a saúde do bebê. (Foto: divulgação)

Aleitamento materno

Desde a confirmação da gravidez, nenhum episódio é capaz de chamar mais atenção do que a saúde da criança. Os cuidados necessários para o desenvolvimento do pequeno chamam muito a atenção da futura mamãe, que faz de tudo para garantir que o bebê passe os dias distante de infecções e alergias.

A melhor proteção para o bebê é proveniente da mãe, que oferece o leite materno como alimento exclusivo nos primeiros seis meses de vida. Quando são amamentados, os pequeninos se tornam mais resistentes a infecções, doenças, alergias e outras complicações simples como cólica e estresse.

O leite materno é importante  na vida da criança, por isso é de extrema importância que o médico e os familiares estimulem as mães para praticarem esse gesto de amor e esclarecerem as principais dúvidas sobre o tema.

O bebê que recebe o leite materno é mais saudável. (Foto: divulgação)

Benefícios do leite materno

1. Fortalece a imunidade: o leite materno possui papel fundamental na imunidade dos bebês, pois contém células de defesa e fatores anti-infecciosos que são capazes de proteger o organismo do recém-nascido. As infecções comuns dos primeiros meses, como otite, afetam crianças que não são amamentadas.

2. Melhora o funcionamento do intestino: o leite materno contém enzimas já reconhecidas pelo organismo da criança. Os componentes do leite de vaca ou artificiais são estranhos para a criança, pois podem causar alergias intestinais e deficiência de ferro.

3. Reduz risco de alergias: segundo pesquisas, o bebê alimentado com leite materno nos primeiros seis meses tem menos chances de desenvolver problemas como asma e outros respiratórios. As crianças que foram amamentadas por pelo menos quatro meses tinham funcionamento melhor para os pulmões.

4. Alivia as cólicas: os principais motivos para prevenir as cólicas no bebê são as proteínas presentes na sua composição. Existem dois tipos de proteína, uma de fácil digestão e um de difícil digestão. O leite de vaca tem mais proteínas do que o leite materno. Por isso, o leite materno não fermenta para ser digerido, evitando cólicas e gases.

5. Combate a anemia: o leite materno possui grandes quantidades de cálcio e ferro se comparado ao leite de vaca. O ferro presente em outros leites não é suficiente para o bebê, sendo necessária a suplementação. Esse alimento ajuda a prevenir e combater a temida anemia ferropriva.

O leite materno desempenha várias funções no organismo da criança. (Foto: divulgação)

O leite materno é essencial para a saúde do bebê, pois é um alimento completo. Ele fortalece a imunidade da criança, previne doenças e muito mais. O leite materno previne a anemia e melhora o intestino do bebê, proporcionando muitos benefícios para a saúde do pequeno.

Recomendado para você
Bem Estar

Espelhos Para Salão De Beleza Preços, Onde Comprar

Beleza

Unhas Decoradas 2017

Bem Estar

Cama de Casal, escolha a cama ideal para você

Bem Estar

Jardim de Inverno: 50 fotos incríveis para fazer em casa!!

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *