Search

Beneficios da Fisioterapia na Gestação

Google plus

Aquela fase em que o peso aumenta, os inchaços aparecem, o rosto muda, o corpo inteiro se modifica e ainda, vem uma pitada de ansiedade para fechar o balanço geral do estado em que a mulher fica, enquanto está grávida, geralmente é muito complicada. Mas há maneiras desses sintomas serem minimizados e da situação ser bem melhor e mais confortável para a futura mamãe. Já foi tempo que gravidez era sinônimo de sofrimento. Hoje em dia o quadro é outro e melhor. Saiba então, quais são os benefícios da fisioterapia na gestação.

Os benefícios da fisioterapia na gestação não se limitam à mãe, o bebê também é beneficiado. Antes de qualquer exercício, é imprescindível que o médico autorize a atividade que vai mexer com um corpo que está em grande mudança. O primeiro passo é escolher o profissional que vai atuar com a grávida: aquele que tem experiência no assunto, que sabe dar as devidas orientações, que a mamãe não fique com dúvidas e claro, aquele que vai ter grande empatia com a paciente. O fisioterapeuta que reunir todas essas características será o ideal para fazer todo o atendimento de uma forma completa. Esses aspectos são fundamentais para um bom desenvolvimento do trabalho que será feito.

Geralmente, o início da fisioterapia para gestantes começa no terceiro mês de gravidez, mas se a mãe já praticava alguma atividade física, então não há problema em iniciar antes desse período. Tudo com autorização do médico é o caminho ideal para uma boa fase, enquanto o bebê é gestado.

Para garantir uma melhor qualidade de vida durante essa fase tão delicada e muito esperada por grande parte das mulheres, a fisioterapia aparece como a melhor amiga. São muitos os benefícios, tais como uma melhora na postura, controle da ansiedade, prevenção de estrias, redução do estresse, diminuição das dores na coluna, promoção de uma respiração mais adequada, minimização de inchaços, prevenção de caimbras e ainda, exercícios para o bico do seio.

São nove meses de intensas mudanças e a mulher precisa passar por essa etapa da vida preparada. A postura é a primeira delas em que há uma modificação radical e isso pode causar dor na lombar, aliás, uma queixa muito comum. Mudanças na circulação também são observadas causando inchaços em várias futuras mamães. Muitas mulheres também apresentam respiração ofegante, porque ocorre a modificação da postura em relação ao diafragma e também diversas outras acabam tendo dificuldade de evacuar ou urinar. São sintomas bem comuns mas que podem ser aliviados se houver cuidados com o corpo.

Dessa forma, a fisioterapia traz determinados exercícios com a meta de fazer com que a gestação passe a ser a mais confortável possível, prevenindo doenças, diminuindo possíveis dores, ajudando no controle do peso, melhorando a capacidade respiratória, entre outros benefícios. Assim, o resultado da prática da fisioterapia durante a gravidez é o melhor: um trabalho de parto bem mais tranqüilo se comparado aos daquelas que não exercitaram-se durante os meses anteriores ao nascimento da criança, e muita disposição enquanto a mulher está grávida.


Google plus


Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

Antes de enviar um comentário, verifique seu conteúdo. Comentários que violem os Termos de Uso e Condições de Navegação do Portal mundo das Tribos e as leis em vigor poderão ser removidos pelo Portal Mundo das Tribos, sem prejuízo da adoção das medidas legais cabíveis pelo Portal.

Política de privacidade
Termos de uso e condições do site


Top