Search

Auxílio reclusão: como desbloquear

O auxílio-reclusão, pago pelo INSS, tem o objetivo de ajudar a família do segurado que está na prisão, através da assistência financeira mensal.
Google plus

Criado para garantir a proteção da família há mais de 50 anos, o auxílio-reclusão contribui com o sustento dos filhos e outros dependentes da pessoa que foi condenada à prisão.  Embora seja um direito concedido pela legislação, o auxílio-reclusão gera muitos questionamentos na sociedade. Para alguns o pagamento do benefício é um incentivo ao crime, outros julgam a assistência injusta.  Veja aqui tudo sobre o auxílio reclusão: como desbloquear.

Auxílio reclusão: com desbloquear (Foto:Divulgação)

Auxílio Reclusão: como desbloquear

O auxílio reclusão: como desbloquear é um benefício concedido pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para ajudar a família do presidiário. Enquanto o segurado permanecer preso em regime fechado ou semiaberto, os dependentes recebem uma assistência financeira para não passar dificuldades. Para que os seus familiares recebam um salário pelo auxílio-reclusão, o preso não pode receber remuneração da empresa na qual trabalhou, nem auxílio-doença, aposentadoria ou qualquer outro benefício previdenciário. Em casos de liberdade condicional ou regime aberto, o segurado deixa de receber a assistência.

O auxílio reclusão contribui com a família do segurado que está preso. (Foto:Divulgação)

Quando é cancelado o auxílio reclusão

O auxílio-reclusão é cancelado pelo INSS caso o segurado tenha fugido da prisão ou esteja livre. O dependente também deixa de receber a assistência financeira ao completar 21 anos de idade. Em muitos casos, o auxílio-reclusão se transforma na fonte de renda da família do presidiário, por isso o benefício é tão importante. Embora o provedor do núcleo familiar esteja na prisão, os seus dependentes legais recebem o benefício. Se o segurado morrer na prisão, o auxílio se transforma em uma pensão.

 

O auxílio reclusão é pago aos dependentes legais do detento. O valor varia de acordo com as contribuições. (Foto:Divulgação)

Valor do auxílio-reclusão

O cálculo do auxílio reclusão é realizado de acordo com a regra de pagamento de pensão. A quantidade paga não é proporcional ao número de dependentes, mas sim o valor determinado pelo INSS é dividido entre as pessoas que dependem do presidiário. O cálculo do benefício varia conforme as contribuições que o segurado fez à Previdência Social. O valor médio recebido pelas famílias em 2015, mensalmente é de R$ 1.089,72.

Auxílio reclusão é pago pela Previdência Social (Foto: Divulgação)

Como desbloquear o auxílio reclusão?

Para garantir o recebimento do auxílio reclusão, os dependentes legais precisam ir até uma Agência da Previdência Social a cada três meses para apresentar uma declaração do sistema penitenciário capaz de atestar a condição do segurado. Caso esta regra determinada pela legislação não seja cumprida, a família corre o risco de ter o benefício bloqueado.

Para desbloquear o auxílio reclusão ou até mesmo solicitá-lo, é necessário requerer agendamento prévio através do portal da Previdência Social ou pela central de atendimento 135.

 


Google plus


Compartilhe suas ideias! Deixe um comentário...

Antes de enviar um comentário, verifique seu conteúdo. Comentários que violem os Termos de Uso e Condições de Navegação do Portal mundo das Tribos e as leis em vigor poderão ser removidos pelo Portal Mundo das Tribos, sem prejuízo da adoção das medidas legais cabíveis pelo Portal.

Política de privacidade
Termos de uso e condições do site


Top