Menu

Notícias

Atualizado em 4 de julho de 2012, às 19:58 por Marília F. Silva
Você está em: MundoDasTribos > Notícias > Atividade do comércio registrou alta de 7,6% no 1º semestre

O levantamento apontou que, embora positiva, a performance semestral foi a mais baixa em três anos, já que no primeiro semestre de 2010 o aumento havia sido de 10,7%.
479984 size 590 notas de cinquenta reais Atividade do comércio registrou alta de  7,6% no 1º semestreAo longo dos primeiros seis meses do ano, houve alta de 7,6%.

A circulação dos consumidores nas lojas em todo o Brasil reduziu 0,2% em junho em relação a maio, porém cresceu 9,7% em comparação ao mesmo mês do ano passado. Ao longo dos primeiros seis meses do ano, houve alta de 7,6%. É o que revela o Indicador de Atividade do Comércio, publicado hoje (4) pela Serasa Experian.

Leia mais: Proposta que estende direitos de domésticas está pronta para votação

Primeiro Teste de HIV caseiro é aprovado nos Estados Unidos

Rio de Janeiro ganha título de Patrimônio da Humanidade pela Unesco

O levantamento apontou que, embora positiva, a performance semestral foi a mais baixa em três anos, já que no primeiro semestre de 2010 o aumento havia sido de 10,7%, e nos primeiros seis meses do ano passado, a alta foi de 9,6%.

Taxas de endividamento e inadimplência dos consumidores, avaliados como altos pela companhia, impediram uma performance mais benéfica do varejo. Neste primeiro semestre do ano, os setores estimulados com isenções tributárias foram os que apresentaram melhor resultado.

Neste intervalo, o movimento nas lojas de material de construção foi de 7,7% superior ao notado nos primeiros seis meses do ano passado. Houve aumento significativo ainda em lojas de veículos, motos e peças (7,4%) e comércio de tecidos, calçados,  acessórios e vestuário (7,6%).

O varejo especializado de móveis, eletrodomésticos e informática registrou aumento de 5,2%, supermercados, alimentos e bebidas cresceram 2,3% e comércio de combustíveis e lubrificantes ficou constante, com breve aumento de 0,2% no semestre.